Historia da art nouveau

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5280 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Art Nouveau (pronúncia francesa: [aʁ nuvo], anglicizada) é uma filosofia e estilo internacional de arte, arquitetura e arte aplicada – especialmente as artes decorativas- que foram mais populares de 1890 – 1910. O nome “Art Nouveau” é francês para “arte nova”. Ela também é conhecida como Jugendstil, pronunciada [ˈjuːɡn̩tʃtiːl ], alemão para “estilo da juventude”, que recebeu o nome devido àrevista Jugend, que a promoveu, como Moderna na Rússia, que talvez tenha recebido seu nome devido à galeria Parisiense “La Maison Moderne”, como Secessão na Áustria-Hungria e seus estados sucessores, devido ao Grupo Vienense de Artistas, e na Itália, como Stile Liberty, devido à loja de departamento London, Liberty & Co., que popularizou o estilo. Uma reação à arte acadêmica do século 19, o movimentoda Art Nouveau foi inspirado por formas e estruturas naturais, não somente em flores e plantas, mas também em linhas curvas. Arquitetos tentavam harmonizar com o ambiente natural. Ela também pode ser considerada uma filosofia do desenho de mobílias, que foi desenhado de acordo com a construção e a parte feita da vida ordinária.
O estilo foi fortemente influenciado pelo artista Tcheco AlphonseMucha quando ele produziu um pôster litografado que apareceu em 1o de Janeiro de 1895 nas ruas de Paris como uma propaganda para a peça Gismonda por Victorien Sardou com a Sarah Bernhardt. O pôster popularizou o novo estilo artístico e seu criador para os cidadãos de Paris. Inicialmente denominado Style Mucha, seu estilo logo ficou conhecido como Art Nouveau.
Art Nouveau foi mais popular na Europa,mas sua influencia foi global. Assim, ela é conhecida de várias formas com frequentes tendências localizadas junto. Na França, as entradas do Paris metro feitas por Hector Guimard eram do estilo Art Nouveau e Emile Gallé praticou o estilo em Nancy. Victor Horta teve um efeito decisivo na arquitetura na Bélgica. Revistas como a Jugend ajudaram a divulgar o estilo na Alemanha, especialmente como umaforma de arte gráfica, enquanto os secessionistas de Viena influenciaram a arte e a arquitetura de toda a Áustria-Hungria. Art Nouveau também era o estilo de indivíduos distintos como Gustav Klimt, Rennie Mackintosh, Alphonse Mucha, René Lalique, Antoni Gaudi e Louis Comfort Tiffany, cada um dos quais interpretou o Art Nouveau de sua própria maneira.
Apesar de o Art Nouveau ter sido substituídopelos estilos modernistas do século 21, ele é atualmente considerado uma importante transição entre o historicismo do neoclassicismo e o modernismo. Além disso, monumentos Art Nouveau são agora reconhecidos pela UNESCO em sua lista de patrimônio mundial como contribuições significativas para o patrimônio cultural. O centro histórico de Riga, Letônia, com “a melhor coleção de construções Art Nouveauna Europa”, foi incluso na lista em 1997 parcialmente devido à “qualidade e quantidade de sua arquitetura Art Nouveau/Jugendstil e quatro casas de campos de Bruxellas feitas por Victor Horta foram incluídas em 200 como “obras de criatividade humana genial” que são “exemplos excepcionais da arquitetura Art Nouveau brilhantemente ilustrando a transição do século 19 para o 20 na arte, pensamento esociedade.
A Maison de l'Art Nouveau

Maison de l’Art Nouveau ( “casa de arte nova”) era o nome de uma galeria iniciada em 1895 pelo comerciante de art Samuel Bing em Paris que exibia exclusivamente arte moderna. A fama de sua galeria foi aumentada na exposição universal de 1900, onde ele apresentou coordenadas – em design e em cor – instalações de moveis modernos, tapeçarias e objetos de arte.Estas exibições decorativas se tornaram tão fortemente associadas ao Art Nouveau que o nome de sua galeria subsequentemente forneceu um termo comum usado para o estilo.
[editar]Jugend e Jugendstil
Jugend: Münchner illustrierte Wochenschrift für Kunst und Leben ( Português: a ilustrada revista semanal de arte e estilo de vida de Munique). Foi uma revista iniciada em 1896 por Georg Hirth (Hirth...
tracking img