Movimento das artes e oficios e art nouveau

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Disciplina: Estética e História da Arte I
O Movimento das Artes e Ofícios &
Art Nouveau
Profª. Shizuko Higashi

Guilherme Barbosa - RA: 5660123805
Jeferson do Rosário - RA: 5211958482

OBJETIVOS:
Fornecer informações sobre:
o

o

Conceitos fundamentais de; Como surgiram, em que
período, e o que foram o movimento das artes e ofícios e a
Art Nouveau.
Suas principais contribuiçõespara a história das artes no
mundo envolvendo; arquitetura, artes decorativas, design,
artes gráficas e mobiliário.

Como surgiu o Movimento das artes e ofícios:

o

Em meados do século XVIII, o governo britânico
já procurava estabelecer uma colaboração
entre as artes e a indústria artesanal através
da Sociedade das artes (Society of arts),
criando à partir de 1835 escolas oficiais dedesenho com o objetivo de aprimorar o design
das manufaturas e tornar a arte compatível
com a industrialização.

Movimento das artes e ofícios
o

O movimento das artes e ofícios foi um
movimento artístico surgido na Inglaterra
de meados da metade do século XIX. Entre
outras idéias, defendia o fim da distinção
entre o artesão e o artista. Fez frente aos
avanços da indústria epretendia imprimir
em móveis e objetos o traço do artista. Foi
influenciado pelas idéias do romântico John
Ruskin e liderado pelo medievalista William
Morris.

DEFINIÇÕES:
William
Morris
by Frederick
Hollyer, 1887

Como arquiteto em uma empresa de George Edmundo
Estreet, William Morris, começou a colocar em prática
suas concepções projetando vários objetos para interiores
e para a vidacotidiana, entre eles:
Papéis de parede
Riqueza de ornamentação com
um estilo floreado, com linhas
sinuosas em que se destacam
as formas orgânicas inspiradas
em folhagens, flores, cisnes,
labaredas e outros elementos.

Estilo e conceitos de William Morris
OS TRAÇOS DE MORRIS ERAM MARCANTES E CARACTERÍSTICOS, SEM POLUIÇÃO
VISUAL, HAVENDO SEMPRE UMA HARMONIA TANTO FORMAL QUANTO COLORIDA.TODO
O PROJETO ERA SEMPRE BEM ELABORADO E TRABALHADO, TRANSPONDO A ESSÊNCIA
MANUAL DO ARTISTA.
OUTRA IDEIA ADOTADA POR MORRIS FOI A DA “HONESTIDADE DOS MATERIAIS”, ERA
PRECISO QUE OS MATERIAIS COM QUE FORAM PRODUZIDOS SEUS TRABALHOS
ESTIVESSEM BEM CLAROS E ESPECIFICADOS. SE UMA PILASTRA ERA DE MÁRMORE, ELA
DEVERIA SER FEITA DE MÁRMORE, E NÃO DE ALGUM MATERIAL QUE O IMITASSE.

A Sala deJantar Verde (presentemente no Victoria & Albert Museum)

MOVIMENTO DAS ARTES E OFÍCIOS

Tapetes

MOVIMENTO DAS ARTES E OFÍCIOS
Os
vitrais
projetados
por
William
Morris
influenciaram a decoração e arquitetura da época

Willian Morris (vitral)

Cartão de Natal do vitral
de William Morris

MAIS ALGUNS DOS MUITOS OBJETOS
PROJETADOS POR WILLIAM MORRIS

Estante, design de
WilliamMorris

Móveis

Artesanatos

Tipografias para Livros
Kelmscott Press, uma editora de livros fundada por William Morris em
janeiro de 1891, na cidade de Hammersmith, Londres
Foi criada para produzir exemplos de design aprimorado de impressão e
livros. Ele desenvolveu tipos claros de letras, tais como seu tipo 'dourado'
romano, que foi inspirado pelo tipo do antigo tipógrafo venezianoNicolaus
Jenson, e bordas decorativas medievalizadas para livros.
A seleção de papel e tinta e a preocupação com a integração completa entre
tipo e decorações nas páginas fez da Kelmscott Press a mais famosa das
gráficas particulares do Movimento das Artes e Ofícios. Ela operou até 1898,
produzindo 53 volumes e inspirando outras gráficas particulares. Entre os
amantes de livros, sua edição deOs Contos da Cantuária é considerado um
dos mais belos livros já produzidos.

O MOVIMENTO DAS ARTES E OFÍCIOS NA
ARQUITETURA

O MOVIMENTO DAS ARTES E OFÍCIOS NA
ARQUITETURA

William Morris/The Bridgeman Art Library/Getty Images Rei Arthur e Sir Lancelot, 1862 (vitral)

MOVIMENTO DAS ARTES E OFÍCIOS
o

Durou relativamente pouco tempo, mas
influenciou o movimento francês da Art...
tracking img