Higiene e saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1423 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
xxxxxxxxxxxxx
CURSO PEDAGOGIA B4/PN


















FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO
HIGIENE E SAÚDE
























Goiânia
2012

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx







FUNDAMENTOS E METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO
HIGIENE E SAÚDE











Trabalho apresentado como parte avaliação deN2 da disciplina de Alfabetização, ministrado e orientado pela professora Ms. xxxxxxxxxxx, do 4º período do curso de pedagogia, Faculdade Padrão.













Professora: Ms. xxxxxxxxxx

(Orientadora)











Goiânia

2012

HIGIENE E SAÚDE





1. JUSTIFICATIVA:



A escolha desse projeto surgiu pelo fato dos alunos apresentarem maioresnecessidades e precisarem de orientações de como cuidar do próprio corpo, com a duração de cinco aulas, este projeto tem o intuito de que trabalhar com a higiene na educação infantil, é ensinar a criança a conhecer seu próprio corpo, a se desenvolver e a auxiliar a ter cuidados adequados com si mesmos. Com base no Referencial Curricular Nacional, Na parte do documento denominada “Esta creche respeitacriança. Critérios para a unidade escolar ou creche” no artigo 19 são destacadas os seguintes direitos: “Nossas crianças têm direito à brincadeira; Nossas crianças têm direito à atenção individual; Nossas crianças têm direito a um ambiente aconchegante, seguro e estimulante; Nossas crianças têm direito ao contato com a natureza; Nossas crianças têm direito à higiene e à saúde; Nossas crianças têmdireito a uma alimentação sadia; Nossas crianças têm direito a desenvolver sua curiosidade, imaginação e capacidade de expressão; Nossas crianças têm direito ao movimento em espaços amplos; Nossas crianças têm direito à proteção, ao afeto e à amizade; Nossas crianças têm direito a expressar seus sentimentos; Nossas crianças têm direito a uma especial atenção durante o seu período de adaptação àcreche”. M.M. Campos & Fúlvia Rosemberg, Critérios para um atendimento em creches e pré-escolas que respeite os direitos fundamentais das crianças, Brasília: MEC/SEF/DPEF/COEDI, 1997.
Então, uma das metas a serem atingidas pela escola é a formação de valores e hábitos, e entre eles está à consolidação dos hábitos de higiene e alimentação a qual deveria já vir formada pela família e que muitasvezes isto não acontece, os alunos podem verificar que, sob orientação de um adulto, são capazes de cuidar da sua higiene.
É na infância que se dá inicio a tomada de consciência acerca do esquema geral do corpo. Neste contexto, com embasamento nos conteúdos de ciências naturais, português, literatura e matemática, pretende-se trabalhar aspectos que envolvem a formação a cerca da higiene pessoalem crianças de 6 a 7anos, ensinar as crianças a aprenderem de forma alegre e saudável a cuidarem de seus dentes, alimentação e higiene corporal.
É fundamental que os alunos conheçam bons hábitos, mas não basta apenas informá-los é preciso trabalhar a aquisição desses hábitos, para que dessa forma possa desenvolvê-los, o fato é de que alguns alunos apresentaram necessidades de cuidados como seu corpo por isto precisam de orientações de como cuidar do próprio corpo, sendo essencial educar para a saúde, contribuindo para a formação de bons hábitos e atitudes. A higiene corporal é tratada como condição para a vida saudável.
A infância é uma das fases mais decisivas na construção de condutas, e a escola como uma instituição social, é privilegiada pelo fato de poder desenvolvertrabalhos sistematizados e contínuos.
Os alunos precisam responsabilizar-se com crescente autonomia por sua higiene corporal, percebendo-a como fator de bem-estar e como valor da convivência social. E é trabalhando com leitura, escrita, brincadeiras que iremos contribuir para o aprimoramento da higiene dos alunos, com desenvolvimentos de ”O dia da higiene bucal e corporal” confeccionando...
tracking img