Hidrantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11241 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IT - 17
SISTEMA DE HIDRANTES E MANGOTINHOS PARA COMBATE
A INCÊNDIO

SUMÁRIO

ANEXOS

1 – Objetivo

A - Figura A.1 - Sistema de Mangotinho com ponto de
tomada de água para mangueira de incêndio de 40 mm

2 – Aplicação

B – Reservatórios

3 – Referências Bibliográficas

C - Bombas de incêndio

4 – Definições

D - Casos de isenção de sistemas de hidrantes e de
mangotinhos5 – Procedimentos

INSTRUÇÃO TÉCNICA – 17

DIRETORIA DE ATIVIDADES TECNICAS
Av. Augusto de Lima, 355 - Bairro Centro
CEP 30.190-000
Site: www.bombeiros.mg.gov.br
Email: dat3@cbmmg.mg.gov.br

SISTEMA DE HIDRANTES E
MANGOTINHOS PARA COMBATE A
INCÊNDIO

1 OBJETIVO
Esta Instrução Técnica fixa as condições necessárias
exigíveis para dimensionamento, instalação, manutenção,
aceitação emanuseio, bem como as características dos
componentes de Sistemas de Hidrantes e de Mangotinhos
para uso exclusivo de Combate a Incêndio.
2 APLICAÇÃO
Aplica-se às edificações e áreas de risco em que sejam
necessárias as instalações de Sistemas de Hidrantes e
Mangotinhos para Combate a Incêndio, de acordo com o
previsto no Regulamento de Segurança Contra Incêndio e
Pânico nas edificações eáreas de risco no Estado de Minas
Gerais.
3 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Para compreensão desta Instrução Técnica é necessário
consultar as seguintes normas, levando em consideração
todas as suas atualizações e outras que vierem substituílas:
Lei nº 14.130, de 19 de dezembro de 2001 que dispõe
sobre a prevenção contra incêndio e pânico no Estado de
Minas Gerais.
Decreto Estadual nº 44.270,de 01 de Abril de 2006 –
Regulamento de Segurança Contra Incêndio e Pânico nas
edificações e áreas de risco no Estado de Minas Gerais.
NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão.

NBR 5590 – Tubo de aço-carbono com ou sem costura,
pretos ou galvanizados por imersão a quente, para
condução de fluídos – Especificação.
NBR 5626 – Instalação predial de água fria.
NBR 5647-1 – Sistemaspara adução distribuição de água
– Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com
diâmetros nominais até DN 100 – Parte 1: Requisitos
gerais.
NBR 5647-2 – Sistemas para adução distribuição de água
– Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com
diâmetros nominais até DN 100 – Parte 2: Requisitos
específicos para tubos com pressão nominal PN 1,0 Mpa.
NBR 5647-3 – Sistemas paraadução distribuição de água
– Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com
diâmetros nominais até DN 100 – Parte 3: Requisitos
específicos para tubos com pressão nominal PN 0,75 Mpa.
NBR 5647-4 – Sistemas para adução distribuição de água
– Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com
diâmetros nominais até DN 100 – Parte 4: Requisitos
específicos para tubos com pressãonominal PN 0,60 Mpa.
NBR 5667 –
Especificações.

Hidrantes

urbanos

de

incêndio



NBR 6414 – Rosca para tubos onde a vedação é feita pela
rosca – Designação, dimensões e tolerâncias –
Padronização.
NBR 6925 – Conexão de ferro fundido maleável, de
classes 150 e 300, com rosca NPT, para tubulação –
Especificação.

NBR 5580 – Tubos de aço-carbono para rosca Whitworth
gás parausos comuns na condução de fluídos –
Especificação.

NBR 6943 – Conexão de ferro maleável para tubulações –
Classe 10 – Especificações.

NBR 5587 – Tubos de aço para condução, com rosca
ANSI/ASME B1. 20.1 – Dimensões Básicas –
Padronização.

NBR 10351 – Conexões injetadas de PVC rígido com
junta elástica para redes e adutoras de água –
Especificação.
NBR 10897 – Proteção contra incêndiopor chuveiro
automático – Procedimento.

NBR 11720 – Conexão para unir tubos de cobre por
soldagem ou brasagem capilar – Especificações.
NBR 11861 – Mangueira de incêndio – Requisitos e
métodos de ensaio.
NBR 12779 – Mangueiras de Incêndio - Inspeção,
manutenção e cuidados.
NBR 12912 – Rosca NPT para tubos – Dimensões –
Padronização.
NBR 13206 – Tubo de cobre leve, médio e pesados...
tracking img