Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1570 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Propriedades Químicas
 
 
Álvaro Montebelo Barcelos

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Este documento tem nível de compartilhamento de
acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

 

http://creativecommons.org.br
http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

 

Sala de Leitura 

 

Propriedades Químicas 

Propriedades Químicas
1) EletronegatividadeQuatro conselhos de mãe:
1º) Beba leite porque é fonte de cálcio!
2º) Menina, você precisa comer feijão, pois tem ferro!
3º) Garoto, coma banana porque é rica em potássio!
4º) Meu filho, escove bem os dentes, pois o flúor da pasta previne a formação de cáries!

 
Essas recomendações feitas pelas nossas preocupadas mães nos falam sobre a presença de
determinados elementos químicos nosalimentos e sua importância para nossa saúde. No entanto,
precisamos ter atenção, pois há uma diferença entre a forma na qual eles se encontram nos exemplos
acima e como aparecem na Tabela Periódica. Os elementos químicos citados, assim como os presentes
em outros alimentos, aparecem como íons, e não na forma neutra da tabela dos elementos químicos.
Enquanto alguns apresentam-se como íonspositivos, chamados de cátions, outros encontram-se na
forma de íons negativos, denominados ânions. Neste ponto precisamos responder a um
questionamento natural: por que determinados elementos formam cátions e outros ânions?

Os gases nobres e a estabilidade
Para responder a isto vamos relembrar um pouco da família dos gases nobres. Esses elementos,
também chamados de gases inertes, recebem essadenominação por serem bastante estáveis, somente
reagindo com outros elementos em condições muito especiais. O gás nobre de menor número atômico,
o hélio, tem apenas dois elétrons acomodados na primeira camada, resultando na configuração
eletrônica 1s2. Como nesta camada eletrônica só cabem dois elétrons, evidencia-se que este elemento
já completou o limite disponível para ocupá-la. O segundo gásnobre na ordem de número atômico, o
neônio, conta com dez elétrons, sendo dois na primeira camada e oito na segunda. Isto resulta na
configuração 1s2 2s2 2p6. Ao verificá-la, percebemos que sua primeira camada assemelha-se à do hélio e
que sua segunda camada está completa com oito elétrons, dos quais dois estão no subnível s e seis no
subnível p. Mais uma vez, percebe-se que os subníveis s e pestão com sua máxima ocupação. Os
demais gases (argônio, kriptônio, xenônio e radônio) possuem a mesma configuração do neônio. Desse
modo, podemos notar que os gases nobres podem ser considerados como exemplos da estabilidade
que um elemento químico pode ter.

 

.  1 . 

 

Sala de Leitura 

 

Propriedades Químicas 

O bom exemplo deve ser imitado!
Vejamos agora adistribuição eletrônica dos elementos representativos do segundo período da Tabela
Periódica:

Li3 - 1s2 2s1
Be4 - 1s2 2s2
B5 - 1s2 2s2 2p1
C6 - 1s2 2s2 2p2
N7 - 1s2 2s2 2p3
O8 - 1s2 2s2 2p4
F9 - 1s2 2s2 2p5

O que seria necessário para que os elementos acima ficassem com a configuração semelhante à de um
gás nobre? Para o sódio, o elétron do subnível mais externo 2s1 deveria ser liberado da camadade
valência. Com isso, o átomo de Li se transformaria no cátion Li1+. Processo semelhante acontece com o
berílio e com o boro, com a diferença de que o primeiro perderá dois elétrons, ao passo que o segundo
ficará com três elétrons a menos. Como resultado disso, surgem seus respectivos cátions: Be2+ e B3+.
Verificando os elementos nitrogênio, oxigênio e flúor, percebemos comportamento opostoao dos três
elementos citados anteriormente. Para o representante da família 5A, seria mais fácil receber três
elétrons, para completar o subnível p e chegar à configuração do neônio, do que perder os cinco
elétrons de sua camada de valência. A mesma tendência, porém com menor número de elétrons,
acontece com os elementos das famílias 6A e 7A. Isto leva à formação dos seus respectivos...
tracking img