Heterofobia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (913 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Textos: Novas Famílias,
Heterofobia




2012/1

Textos Novas Famílias,
Heterofobia

Trabalho apresentado emcumprimento as exigência da disciplina psicologia da criança, no curso de Psicologia sob orientação da professora Sabrina.2012/1
Heterofobia
Na primeira leitura da crônica Heterofobia. Pelo direito ser diferente, confesso não sentimos muito a vontade em concordar com o escrito. Na releitura é que pudemos perceberque estaria abordando de forma irônica, sarcástica, aos heterofóbicos “perfeitos”.
Na verdade o texto relata a visão distorcida, preconceituosa de pessoas que não sabem respeitar, ou colocar-se nolugar do outro, no que se refere a sua orientação sexual. Achamos ainda que os argumentos utilizados para denegrir a homossexualidade, podem perfeitamente ser encaixados na perspectiva heterossexual, evice versa. Mas a nosso ver, não há de se fazer necessário em ambos os lados.
O texto aqui proposto remete a discussões e reflexões. Antes de se intitular homo, hétero, ou qualquer outra opçãosexual que se possa ter. É necessário que seja revisto certos conceitos, valores, tabus, pudores, etc. Não concordar é um direito, mas respeitar o direito da outra pessoa é lei.

Casal de Mulheresdecide engravidar e dividir as tarefas de amamentação.
Como a família é constituída, se é tradicional ou não, no que diz respeito ao desenvolvimento saudável da criança, acreditamos não ser o suficientepara que ela possa ter dificuldades futuras. Mas a “forma” com que essa família pode influenciar no seu desenvolvimento, é que poderá trazer diversas implicações significativas fazendo com que ele setorne um indivíduo socializável ou não.
A partir daqui baseamos nosso texto em um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia da USP, através do pesquisador, Ricardo de Souza Vieira, com o tema:...
tracking img