Os diversos tipos de preconceito e discriminação - escala de allport

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3527 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
OS DIVERSOS TIPOS DE PRECONCEITO E DISCRIMINAÇÃO – ESCALA DE ALLPORT
Virginia Aparecida Antonio Orientadora: Profa. Angela Zatti ITDE – Instituto Tecnologico de desenvolvimento Educacional Curitiba 11/12/2011 RESUMO
Os diversos tipos de preconceito e discriminação – Escala de Allport diz respeito ao estudo dos principais fundamentos dos preconceitos e

discriminações, bem como uma escala depreconceito desenvolvido por Allport. Este estudo tenta esclarecer os tipos de preconceito e discriminações, dando ênfase diferença entre ambos e a escala desenvolvida por Allport.

PALAVRAS-CHAVE: Preconceito; Discriminação; Escala de Allport.

1 INTRODUÇÃO
A complexidade da real origem dos preconceitos é uma das grandes dificuldades que o ser humano enfrenta para entender como respeitar eamar o próximo de forma objetiva e sensata. Embora esse assunto ainda seja pouco comentado, os preconceitos podem ser divididos em dois segmentos: um segmento é maléfico à sociedade e o outro benéfico. O segmento maléfico é constituído de preconceitos que resultam em injustiças, e que são baseados unicamente nas aparências e na empatia. Já o segmento benéfico é constituído de preconceitos queestabelecem a prudência e são baseados em estatísticas reais, nos ensinamentos de Deus ou no instinto humano de autoproteção. Em geral, os preconceitos benéficos são contra doenças contagiosas, imoralidades, comportamentos degradantes, pessoas violentas, drogados, bêbados, más

companhias, etc. Na verdade, é muito difícil definir o limite correto entre preconceito maléfico e preconceito benéfico.Por isso, a liberdade de interpretação pessoal deveria ser sempre respeitada. Segundo a lei de diretrizes e bases da educação nacional (LDB 9394/96) em seu artigo 43 incisos III e IV que dispõe sobre a educação superior que vem incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica visando o desenvolvimento da ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura e promover a divulgaçãode conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem patrimônio da humanidade e comunicar os saberes através do ensino, de publicações ou de outras formas de comunicação (BRASIL, 1996), De acordo com o artigo 8 inciso III das Diretrizes Curriculares Nacionais declara que a integralização de estudos será efetivada diante alguns itens como atividades complementares envolvendo oplanejamento e o

desenvolvimento progressivo do trabalho de conclusão de curso, atividades de monitoria, de iniciação científica e de extensão, sendo esses orientados por membros do corpo docente da instituição de ensino superior articuladas as disciplinas experiências de modo a propiciar vivências em algumas (BRASIL,2006) modalidades e

2 - PRECONCEITO DIVERSIDADES

NO

BRASILCOMTEPORANEO:

AS

Conceber o outro como um dos nossos semelhantes parece cada vez mais difícil em nossa cultura. Na contemporaneidade, nossos traços físicos e nossa sexualidade ainda são alvos de discriminação e preconceito, principalmente quando entendemos esses traços desqualificadores como pertencentes a minorias. Com essa questão em mente, resolvemos discutir algumas questões relativas ao“narcisismo das pequenas diferenças” postulado por Freud (1930/ 1969), tomando como base o debate promovido pela tese do antropólogo Luiz Mott, em 1995, acerca da possível homossexualidade do líder negro Zumbi dos Palmares, frente a grupos do movimento negro e homossexual no Brasil.

A

partir

dessas

considerações,

perguntamos:

por

que

a

homossexualidade de Zumbi não foi aceitapelos grupos do movimento negro, e por que não houve uma reação semelhante por parte de grupos homossexuais? O que é pior em nossa sociedade: ser identificado como negro ou como homossexual? E quando se passa a pertencer a ambos os grupos, significa ser discriminado duplamente? Parece-nos que adentramos o século XXI sob o legado do preconceito contra duas minorias sociais que há tempos vêm sendo...
tracking img