Hegel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Revista Philosophica
Vol. 30 [Semestre II / 2006] Valparaíso

7

(7-18)

H EGEL E A HISTORICIDADE DA RAZÃO: PARA
C OMPREENDER O DESAFIO DA LIBERDADE*
Hegel and the historicity of reason: to understand the challenge of freedom

J OSÉ MARIO ANGELI
Departamento de Filosofía
Universidad Estatal de Longinas
angeli@inbrapenet.com.br

R esumen
En este trabajo pretendo presentar lacomprensión hegeliana de la Revolución Francesa,
o su comprensión sobre la libertad. Ella es una de las posibilidades del desenvolvimiento de la razón. Luego mostraré la crítica que Hegel hace a la Revolución Francesa y
algunas críticas a Hegel respecto a su comprensión de esta revolución.
Palabras clave: historicidad, razón, revolución, restauración, Hegel.
Abstract
In this paper I intend to showHegel's compreention and critical about the France Revolution. It's understand about freedom. The freedom it's a possibility to development
of the reason. Than to show the critical that Hegel to do about the France Revolution
and same Hegel's critical over your compreention.
Keywords: history, reason, revolution, restauration, Hegel.

De todas as qualidades do espírito subsistem apenas aliberdade (Hegel)

1. HEGEL (1770-1831), em seus escritos, irá confrontar a filosofia e
a historia. Ao afirmar que a razão é histórica. Ele introduz urna critica á
intemporalidade que anteriormente era atribuida á verdade e à razão, agora
verdade e razão é fruto do desenvolvimento histórico. Hegel compreende
por um lado, que a idéia de progresso intelectual e material herdada da Idade das Luzesestá radicalizada por um acontecimento maior: a R evolução
Francesa. Tanto os governantes como os povos do mundo compreendem,
á custa do sofrimento, o seu destino histórico. Ele irá formalizar esse
acontecimento numa analise compreensiva e posteriormente numa analise
critica. Por outro, ele parte desse acontecimento para construir o saber que

* Recibido en abril de 2007

8

J OSÉ M AR I O A N G E L Í / H E G E L E A H I S T O R I C I D A D E DA RAZÃO

t orna inteligível o devir da humanidade e que organiza o seu presente, sob
o s auspicios da razão. Assim, ele irá constituir uma síntese de todo o saber
f ilosófico e reunirá nos seus escritos as descobertas feitas pelo pensamento
m oderno.
A g rande novidade de seu pensamento é o fato de que nenhum homem
p odia serexcluido da "comunidade organizada". S egundo ele "é o direito
que, embora conservando o seu caráter infinito e ideal, se encontra ligado
a uma natureza, e é o direito da natureza particular que se realiza na história, isto é, a bela totalidade ética situada na antiguidade grega" . Para a
r ealização desta idéia, tarefa infinita propostas aos homens, ele recupera a
idéia romântica do progresso. Aidéia de liberdade.
1

Ele entende que o homem só poderá ser livre se viver num mundo de
h omens livres. Isto significa que ele leva em conta o que foi estabelecido
p elos teóricos políticos e o que foi feito pelos franceses por ocasião da
R evolução Francesa.
A R evolução dá uma nova dimensão á história. E, ao mesmo tempo, ela
se impõe á filosofia, doravante indispensável, para acompreensao da razão
h umana. A história invade a totalidade do real e isso tem conseqüências
no discurso filosófico. Pois é o filosofo que compreende e formaliza no
d iscurso as contribuições de cada período e daqueles que foram os seus
a gentes mais decisivos.
E ntão, tivemos que esperar Hegel, para fazer tal tarefa. Por que? Exatamente, porque ele que irá compreender que o ser é devir. A únicacoisa que
e xiste é o movimento.
Nós iremos nos fixar na compreensao da filosofía da historia hegeliana e
tentar entender qual é a interpretação e a crítica que Hegel faz da Revolução
F rancesa. Qual a critica á racionalidade hegeliana, que deve ser feita, num
m undo em que cada vez mais, a exclusão ou a "consciência infeliz" - ainda
q ue representada na corrupção e outras trapaças por parte...
tracking img