Celuals tronco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2658 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
células-tronco estão presentes desde a vida embrionária até a vida
adulta, e provavelmente até nossa morte. São elas as responsáveis
pela formação do embrião e também pela manutenção dos tecidos na
vida adulta. No início da vida embrionária, as células-tronco são
virtualmente totipotentes, ou seja, apresentam capacidade de gerar
quaisquer tecidos do organismo. Contudo, após a formação doembrião propriamente dito, diversos tecidos mantêm células-tronco
que participam da fisiologia normal (e da patologia também) na vida
adulta.
Conceitualmente, as células-tronco apresentam duas características
fundamentais: 1) auto-renovação ilimitada, por exemplo, a
capacidade de multiplicar-se gerando células iguais à célula-original
durante toda a vida, e ; 2) pluripotência, como, porexemplo, a
capacidade de gerar diferentes tipos celulares.
Apesar de existirem em baixa freqüência, seus números são
suficientes para manter os tecidos que necessitam de renovação
constante. Em alguns sistemas onde são bem caracterizadas, sua
freqüência é estimada em 1 para cada 100.000 células totais daquele
tecido. As células-tronco, à medida que se dividem, geram
progenitores comprometidos,com uma capacidade de proliferação
ainda mais limitada e um restrito potencial de diferenciação devido ao
comprometimento com uma linhagem celular única. A partir deste
ponto, esta célula já comprometida chamada precursor, já possui
morfologia definida e seu potencial proliferativo é limitado ou mesmo
nulo.
As células-tronco mais bem conhecidas, são as células-tronco do
tecido hematopoiético,identificadas por Till e McCulock há mais de 40
anos. Recentemente, outros tecidos tiveram suas células-tronco
identificadas como do sistema nervoso, fígado, pele e mucosas,
intestinos e até mesmo coração
Nos últimos anos, uma nova área da medicina vem sendo desenvolvida, que abre perspectivas inovadoras para o tratamento de doenças crônico-degenerativas. É a chamada medicina regenerativa econsiste na utilização de células, fatores de proliferação e diferenciação celulares e biomateriais que permitem ao próprio organismo reparar tecidos e órgãos lesados. Alguns dos alvos terapêuticos são órgãos considerados por muito tempo como incapazes de desenvolver quaisquer processos de regeneração, como o cérebro e o coração. Os relatos de demonstrações de que os tecidos adultos possuemcélulas-tronco pluripotentes próprias1 9 15, de que há migração de células-tronco do sangue periférico e sua diferenciação para tipos celulares residentes em órgãos como o coração16 e de que células já diferenciadas podem proliferar em resposta a agressões teciduais10 têm sido cada vez mais freqüentes na literatura, e indicam que o processo de regeneração ocorre nestes tecidos, embora possa não sereficiente para levar à cura dependendo do grau de dano tecidual que tenha ocorrido. Este é o caso do infarto do miocárdio, onde uma baixa taxa de proliferação de mioblastos e cardiomiócitos pode ser detectada nas bordas das lesões, porém não o suficiente para reparar todo o dano tecidual causado pela isquemia, resultando em extensas áreas de fibrose.
 
CÉLULAS-TRONCO
A célula-tronco é uma célulaindiferenciada, capaz de proliferar e de originar outras células-tronco (o que é denominado auto-regeneração) e células com capacidade de se diferenciar, originando células diferenciadas com capacidade funcional normal. Para realizar a dupla tarefa de se auto-regenerar e ao mesmo produzir células diferenciadas, a célula-tronco pode seguir dois modelos básicos de divisão celular. O determinístico, ondea divisão de uma célula-tronco gera invariavelmente uma nova célula-tronco e uma célula que irá se diferenciar; ou o aleatório ou estocástico, onde algumas células-tronco geram apenas novas células-tronco ao se dividirem, enquanto outras geram apenas células com potencial para sofrer diferenciação.
 
CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS
Em 1981, foi descrita a técnica de imortalização de células...
tracking img