H2 relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2378 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO- UEMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS- CECEN
CURSO DE QUIMICA LICENCIATURA
DISCIPLINA: QUIMICA INORGÂNICA
Nome do prof













Meu nome
OBTENÇÃO DE GÁS HIDROGÊNIO






















São Luis

2010São Luis

2010







SUMÁRIO



1 INTRODUÇÃO............................................................................................................4

2 OBJETIVOS.................................................................................................................6

3 MATERIAIS EMETODOS........................................................................................7

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO.................................................................................9

5 CONCLUSÃO.............................................................................................................12

REFERÊNCIAS.............................................................................................................131 INTRODUÇÃO

O hidrogênio possui a estrutura atômica mais simples que qualquer outro elemento, sendo constituído por um núcleo contendo um próton com carga +1 e um elétron circundante. A configuração eletrônica pode ser representada como 1s1. Os átomos de hidrogênio podem alcançar a estabilidade de três maneiras diferentes:
1. Formando umaligação covalente (um par de elétrons) com outro átomo
O hidrogênio forma esse tipo de ligação preferencialmente com não-metais, por exemplo, H2, H2O, HCl(gás) ou CH4. Muitos metais também formam esse tipo de ligação.
2. Perdendo um elétron para formar H+
Um próton é extremamente pequeno. Por ser o H+ muito pequeno, ele tem um poder polarizante muito grande, e portanto deforma anuvem eletrônica de outros átomos. Assim, os prótons estão sempre associados a outros átomos ou moléculas. Por exemplo, na água ou soluções aquosas de HCl e H2SO4, o próton existe na forma de H3O+, H9O4+ ou H(H2O)n+. Prótons livres não existem em “condições normais”, embora eles sejam encontrados em feixes gasosos a baixas pressões, por exemplo num espectrômetro de massa.
3. Adquirindo um elétronpara formar H-
Sólidos cristalinos como o LiH contêm o íon H-, sendo formados por metais altamente eletropositivos (todo Grupo 1 e parte do Grupo 2). Os íons H- não são, porém, muito comuns.
Como a eletronegatividade do H é 2,1, ele pode valer-se de qualquer um desses três meios, sendo o mais comum a formação de ligações covalentes.
O hidrogênio é o elemento mais abundante no Universoe o mais leve, sendo também o mais simples da tabela periódica de Mendeleiev. É conhecido desde há centenas de anos como um gás que se obtém quando ácido sulfúrico diluído é posto em contato com o ferro, sendo inflamável no ar. Henry Cavendish mostrou que o gás hidrogênio se forma pela ação de ácidos como o clorídrico ou o ácido sulfúrico em contacto com metais como zinco e o ferro. Ele também fezexplodir misturas deste gás em contacto com o ar com faíscas elétricas (1784), e encontrou um produto que parecia “água pura”. Mais tarde Antoine Lavoisier explicou os resultados de Cavendish, e deu ao gás o nome de “hidrogênio”, proveniente do grego “formar-água”.
Esta decomposição da água nos seus componentes fez cair a idéia, já há algum longo tempo estabelecida de que a água seriaapenas formada por um elemento. Na terra não existe o hidrogênio livre, estando sempre associado a outros elementos e para ser obtido “puro” é necessário gastar energia na dissociação de uma fonte primária. Sendo assim, o hidrogênio não é uma fonte primária de energia, mas sim uma fonte intermediária, por isso não deve ser referido como uma fonte energética, pois é apenas um vetor energético, isto...
tracking img