Gramatica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7742 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO DE TODA A GRAMATICA


Gramática

1 A- Funções da Linguagem B- Métrica C- Ritmo
2 A- Fonemas B- Morfemas C- Regras de Acentuação D- Regras de Escrita
3 Morfologia - introdução
4 Pronomes
5 Sintaxe - introdução
6 A- Tipos de Sujeito B- Tipos de Predicado
7 A- Complementos Verbais (Objeto Direto e Indireto)B- Adjunto Adverbial C- Complemento Nominal D- Adjunto Adnominal E- ApostoF- Vocativo
8 A- Orações Subordinadas B- Coordenadas
9 Regência Nominal
10 Pontuação
11 Vozes do Verbo
12 Diversos: sinônimos, antônimos, parônimos, regras gramaticais...
13 Figuras de linguagem
14 Verbos
15 Concordância Verbal


PARTE 1



A-) FUNÇÕES DA LINGUAGEM


- são seis: emotiva, conativa, referencial, metalingüística, fática e poética.
1) Função emotiva (ouexpressiva): Quando um emissor é posto em destaque, está carregado com os próprios sentimentos do emissor, geralmente tem ponto de exclamação, verbos e pronomes na 1ª pessoa. "Eu nunca estive tão bem quanto estou agora!".

2) Função conativa (ou apelativa): ocorre quando o receptor é posto em destaque. "Você quer passar no vestibular? Entre no Site WWW.vestibularlegal.com.br.". Se organiza no sentido deconvencer o receptor por meio de estímulo. É comum o uso de verbos no imperativo ou verbos e pronomes na 2ª ou 3ª pessoa. Ex.: anúncios e publicidade.

3) Função referencial: Ocorre quando o referente é o posto de destaque "os professores entrarão em greve..." - tem objetividade, pois sua finalidade é traduzir a realidade, ex.: textos jornalísticos e científicos.

4) Função metalingüística:ocorre quando o código é posto em destaque. Ex.: "A língua é um sistema de signos que exprimem idéias...", está falando dos signos lingüísticos usando os próprios, outro exemplo é um poema que reflete a criação poética. Os melhores exemplos são os livros de gramática e os dicionários.

5) Função Fática: Ocorre quando o canal é posto em destaque. Ex. As primeiras palavras de quem atende o telefone"Alô! Pronto!) os cumprimentos diários (Tudo bem? Boa tarde.)

6) Função poética: ocorre quando a própria mensagem é posta em evidência. Ocorre em textos literários, poesias e versos.
Quase sempre há mais de uma função no texto, cabe ao receptor identificar na mensagem recebida a sua função predominante, e por conseguinte, a intenção do emissor.

Denotação - Sentido literal (verdadeiro) dapalavra.
Conotação - sentido figurado.

Linguagem referencial - preocupação fundamental é veicular, de modo objetivo, informações sobre a realidade.
Linguagem literária - trata de modo pessoal, figurado e artístico uma realidade concreta ou fictícia. Recriação da realidade a partir de fatos concretos.
A linguagem referencial é denotativa, a literária é conotativa.

B- ) MÉTRICA - é amedida dos versos.
Escansão, processo segundo o qual o verso é dividido em sílabas poéticas, depreende-se a métrica de um verso. Por ter base na oralidade - da fala ou canto - a divisão silábica poética obedece a princípios diferentes da divisão silábica gramatical. As vogais são agrupadas numa única sílaba, e a contagem das sílabas deve ser feita até a última tônica.

Divisão gramatical:Man/das/te/ a/ som/bra/ de/ um/ bei/jo = 10 sílabas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Divisão poética: Man/das/te a/ som/bra/ de um/ bei/jo
1 2 3 4 5 6 7
na terceira e sexta sílaba as vogais átonas agruparam-se (elisão) e a última sílaba, por ser átona, foi desprezada.

Monossílabo (uma sílaba), dissílabo (duas),trissílabo (três), etc. Os mais conhecidos são

redondilhas, a menor com cinco sílabas e a maior com sete.

Decassílabo, com dez.

alexandrino, com doze.

O verso cuja métrica se repete é chamado verso regular, só mais recentemente surgiu o verso livre, que não obedece a uma regularidade métrica.

C-) RITMO - qualquer alternância regular de elementos numa dada seqüência temporal. Em poesia, o...
tracking img