governo vargas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
resumo:

No período da 2ª Guerra Mundial, o movimento pressionou o Governo Vargas mais os seus aliados, para entrar na guerra na luta contra a carestia , e seiniciou em 1944/45, uma onda de greves contra a suspensão de direitos trabalhistas sob o argumento da mobilização de guerra. 
Ai, pelos acordos estabelecidos peloBrasil com os Estados Unidos para entrar na luta junto com os aliados, iniciou a siderurgia nacional. Com isso, a indústria de base nacional e metalurgia teve umsalto no início da década de 1950. E é de 50 a 1960 que ocorrem as grandes greves de massa.
O movimento operário particularmente visa à reposição de perdassalariais. Porque desde que foi criado, em 1941, o salário mínimo não sofreu correção até 1954, quando Vargas anunciou o reajuste do salário mínimo no Dia 1º de Maio. 
Amobilização, em razão do suicídio de Vargas (agosto de 54), e os quebra-quebras são também resultado do movimento sindicalista pelo reajuste. E mesmo com o reajuste,em alguns estados, como Minas Gerais, os empresários ganharam na Justiça o direito de não conceder o aumento”,
Na segunda metade da década de 1950, com o governoJK, inicia-se o período de desenvolvimentismo associado, o que, com a expansão da oferta de empregos, em princípio, aplacaria os movimentos reivindicatórios.
Adécada de 1960 marca a criação do Comando Geral dos Trabalhadores e a conquista da gratificação natalina que é o (13º salário), uma reivindicação que tinha searrastado desde 1945. E é a partir daí que se teve o sentimento da criação de uma “República Sindicalista”. Então o movimento operário, foi um movimento pelo trabalho.
tracking img