Gestores do sus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1362 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ATIVIDADE FINAL – Capítulo 1
QUADRO SÍNTESE- Concepção de saúde-doença e o cuidado em saúde
Aluna:
Quadro síntese com diferentes modelos explicativos sobre o processo de saúde, doença e cuidado, suas vantagens e desvantagens

MODELO | VANTAGENS | DESVANTAGENS |
MÁGICO RELIGIOSO OU XAMANÍSTICO. | * MODELO GRATUITO NA ANTIGUIDADE; * FOCO NO INDIVÍDUO, E NÃO NA DOENÇA. * CERTAORGANIZAÇÃO SOCIAL ENTRE OS HOMENS PRIMITIVOS; * UNIÃO DOS CLÃS SOBRE A FORMA DE UM SACERDOTE. * VISA A NÃO TRANSGRESSÃO INDIVIDUAL E COLETIVA. | * RELACIONA DOENÇA A TRANSGRESSÕES DE NATUREZA INDIVIDUAL E COLETIVA (“PUNIÇÃO”) * PENSAMENTOS MÍSTICOS QUE NÃO CORRESPONDEM COM A REALIDADE * VISÃO DE PODER SOBRE O POVO * CONCEPÇÃO TARDIA SOBRE SAÚDE; NÃO BUSCA A CURA. * RECUPERAÇÃO DA SAÚDERELACIONADA AO ENLACE COM DIVINDADES * SEM EMBASAMENTO CIÊNTIFICO |
HOLÍSTICO | * BUSCA PELO EQUILIBRIO CORPORAL. * ENTENDE O PROCESSO SAUDE-DOENÇAS COM MULTIPLOS FATORES DETERMINANTES E REQUER PLANEJAMENTO. * NECESSIDADE DE AÇÕES MAIS EFICAZES E EFICIÊNTES. * PENSAMENTO COMO UM TODO: OBSERVAÇÃO DO CORPO COMO UMA TOTALIDADE. * DESENVOLVIMENTO INICIAL DA PRÁTICA MÉDICA EM CONJUNTO ACURA. * CONSIDERA O COLETIVO, E NÃO APENAS O INDIVIDUAL. | * VISÃO LIMITADA, ONDE HÁ APENAS DUAS POSSIBILIDADES: SAÚDE E DOENÇA; NEM SEMPRE O CORPO ESTÁ EM PLENO EQUILIBRIO. * DESFRAGMENTAÇÃO DOS PENSAMENTOS DE VARIAÇÕES DA SAÚDE INDIVIDUAL. |
EMPÍRICO RACIONAL OU HIPOCRATICO | * NÃO BUSCA EXPLICAÇÕES SOBRENATURAIS PARA A ORIGEM DAS DOENÇAS(DOENÇA COMO ALGO “EXPLICÁVEL”, BUSCA PELASCAUSAS E CONSEQUENCIAS). * DESENVOLVIMENTO INICIAL SOBRE A ORIGEM DO UNIVERSO. * MODELO HIPOCRÁTICO DIZ QUE A SAÚDE É FRUTO DO EQUILIBRIO DOS HUMORES. * BUSCA PELO EQUILIBRIO HUMANO E O MEIO EM QUE VIVEM. | * CAUSA PRINCIPAL DE ORIGEM DAS DOENÇAS RELACIONADA AOS DESEQUILIBRIO DE HUMORES; * VISÃO LIMITADA, PORTANTO CUIDADOS TAMBÉM LIMITADOS.(EQUILIBRIO DO HUMOR PARA BUSCA DA CURA). |MODELO DA MEDICINA CIÊNTIFICA OCIDENTAL OU BIOMÉDICO | * EXPLICAÇÃO DE DOENÇAS ASSOCIADAS AO EMPIRISMO. * PROCEDIMENTOS BASEADOS EM TEORIAS; * CONDUÇÃO DO PENSAMENTO DE FORMA ORDENADA E NECESSIDADE DE EFETUAR UMA REVISÃO EXAUSTIVA DOS DIVERSOS COMPONENTES DE UM ARGUMENTO. * CONTRIBUIU PRA GRANDES DESCOBERTAS DA MEDICINA MODERNA, VALIDADAS PELA ABORDAGEM BIOMÉDICA. | * FOCO EM PARTESCADA VEZ MENORES DO CORPO, DESVALORIZANDO O “TODO”.REDUZ SAÚDE A UM PROCESSO MECÂNICO (“MODELO MECANICISTA”) * CRENÇAS E FATORES CULTURAIS NÃO CONSIDERADOS PELA CIÊNCIA * AUSÊNCIA DE REAÇÃO AOS ESTÍMULOS CUJA AÇÃO ESTÁ EXPOSTA. * MEDICALIZAÇÃO * ALTO CUSTO NAS NOVAS TECNOLOGIAS MÉDICAS. * SAÚDE PÚBLICA CADA VEZ MAIS IMPOTENTE. |
SISTEMICO | * EXPLICAÇÃO CIÊNTIFICA DAS DOENÇAS; *INCORPORA A IDÉIA DOS ELEMENTOS EXTERNOS PARA O PROCESSO SAÚDE X DOENÇA; * CONHECIMENTOSOBRE O CONJUNTO FORMADO POR AGENTE PATOGÊNICO, SUSCETÍVRL E AMBIENTE. | * FOCO NA CURA DAS DOENÇAS E NÃO NOS FATORES ASSOCIADOS A ELA; NÃO FOCA A PREVENÇÃO. * DOENÇA RELACIONADA À QUEBRA DO EQUILIBRIO NO ECOSSISTEMA. * RISCO DE AUMENTAR DESIGUALDADE DE ACESSO AO SISTEMA. * DISPARIDADE ENTRE O NIVEISSOCIAIS. |
MODELO DA HISTÓRIA NATURAL DA DOENÇA OU MODELO PROCESSUAL | * VALORIZA A PREVENÇÃO E CONTROLE DE DOENÇAS E PROBLEMAS DE SAÚDE; VISA O ACOMPANHAMENTO REGULAR DO INDIVÍDUO. * COMPREENDE AS RELAÇÕES ENTRE AGENTE CAUSADOR, AMBIENTE E HOSPEDEIRO NO PROCESSO DO ADOECIMENTO. | * NECESSIDADE DE UM SISTEMA DE SAÚDE COMPLEXO QUE CONTEMPLE UM CONJUNTO DE AÇÕES DE SAÚDE PARA ATUAR DE FORMAEFETIVA; * NÃO CONTEMPLA AS DOENÇAS CRÔNICAS. |

REFERENCIAS:
* http://johnnyfabio.blogspot.com.br/2011/08/modelos-explicativos-sobre-o-processo.html

* http://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0102-311X1988000400003&script=sci_arttext

* http://www.saudecoletiva2012.com.br/userfiles/file/c13-1.pdf

* GONDIM, Roberta (Org.). Qualificação de gestores do SUS./ 2 ed. Ver....
tracking img