Gerenciador banco de dados: oracle e firebird

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4850 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 1
2 Banco de Dados Comercial – Oracle 2
2.1 Arquitetura 2

2.2 Plataforma 2

2.3 Características 3

2.4 Ferramentas 3

2.4.1 Oracle Active Data Guard 3

2.4.2 Oracle Advanced Compression 4

2.4.3 Oracle Partitioning 5

2.4.4 Oracle Database Security 6

2.4.5 Oracle Enterprise Manager 6

2.4.6 Oracle Real Application Testing 62.4.7 As ferramentas disponíveis para o Oracle Express Edition 7

2.5 Facilidades 9

2.6 Limitações 9

3 Banco de Dados OpenSource – Firebird 10
3.1 LINGUAGEM PSQL 13

3.2 Application Programming Interface 13

3.3 O FUTURO DO FIREBIRD 14

3.4 Arquitetura 14

3.5 Plataforma 15

3.6 Ferramentas 16

3.7 Facilidades 17

3.8 Limitações 19

3.9Capacidade 19

4 Conclusão 20
5 REFERênciaS bibliográficas 21
1 INTRODUÇÃO


NA ERA DA INFORMAÇÃO, SEJA NAS ORGANIZAÇÕES, NA MEDICINA OU NA EDUCAÇÃO A INFORMAÇÃO É O BEM MAIS VALIOSO. OS BANCOS DE DADOS VIERAM SUPRIR A NECESSIDADE DE OTIMIZAÇÃO, ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DOS DADOS. NA BUSCA POR MAIOR SEGURANÇA DOS DADOS, SURGEM OS SISTEMAS GERENCIADORES DE BANCOS DE DADOS (SGBDS).Com o dinamismo da evolução tecnológica, os computadores possuem um custo mais acessível, o que acarreta um grande aumento de pessoas e empresas que adotam o computador para a resolução de problemas do seu dia-a-dia. Visto que uma das principais, senão a maior, finalidade do computador é o armazenamento de dados, há uma preocupação para que a utilização desses dados armazenados seja feita da formamais eficaz possível, considerando que pode haver um grande número de usuários interagindo com esses dados ao mesmo tempo.

Diante da necessidade de melhorias no armazenamento e organização dos dados no computador, surgiram os bancos de dados, que são softwares que se aplicam à otimização dessa tarefa, sendo utilizados especificamente na área de banco de dados.

A utilidade dos bancosde dados é a de proporcionar uma melhor organização e armazenamento dos dados, além de oferecer ao usuário uma melhor facilidade na obtenção das informações ali contidas, visto que estarão num mesmo lugar de armazenamento, possibilitando um melhor aproveitamento do computador no que diz respeito à otimização do espaço de armazenamento, com maior agilidade na busca e atualização dos dados.Neste documento pretende-se explanar dois SGBD com características distintas, um comercial e outro open-source. Optou-se para apresentar os SGBD da Oracle e da Firebird.





2 Banco de Dados Comercial – Oracle




2.1 ARQUITETURA




Quando executado no Windows, o Banco de Dados Oracle 11g contém os mesmos recursos e funcionalidades das várias plataformas Linux e UNIX para asquais a Oracle oferece suporte. No entanto, a interface entre o banco de dados e o sistema operacional foi bastante alterada para aproveitar os serviços exclusivos disponibilizados pelo Windows. Como resultado, o Banco de Dados Oracle 11g para Windows não é uma transferência direta da base de código do UNIX. Foi feito um trabalho de engenharia considerável para garantir que o banco de dados exploreos recursos do Windows em sua plenitude e para assegurar que o banco de dados Oracle seja um sistema estável, confiável e de alto desempenho no qual desenvolver aplicativos.

Comparado ao banco de dados Oracle no UNIX, a alteração arquitetural mais significativa do Banco de Dados Oracle 11g no Windows é a conversão de servidor com base em processos em servidor com base em threads. No UNIX,o Oracle utiliza processos para implementar tarefas em segundo plano, como gerador do banco de dados (DBW0), gerador de log (LGWR), distribuidores (dispatchers), servidores compartilhados e afins. Além disso, cada conexão dedicada ao banco de dados faz com que outro processo do sistema operacional seja gerado em favor dessa sessão. No Windows, porém, todos esses processos são implementados como...
tracking img