Geomorfologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5720 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GEONOMOS, 6 (2): 55-63

MODELOS MORFOGENÉTICOS E TECTÔNICA GLOBAL:
REFLEXÕES CONCILIATÓRIAS

Allaoua Saadi(*)

ABSTRACT
The user of models of relief formation and evolution should be surrounded by precautions based
on the previous understanding of the theoretical assumptions that support them. The case of the
relationship between geomorphological dynamics and tectonic activity inreviewed on the basis of
new geotectonic concepts. Davis and Penck's models occurred when the paradigms of "Global
Tectonics" had not yet been enunciate. For that reason they are usually presented as antagonistic
models. However, when analyzed in the expressions, they present some compatibility and/or
complementarity. The differences in their formulations tend to express the regionally observeddifferences in terms of magnitude, rates, and frequencies of the morphotectonic phenomena. The
latter, actually, result from specificities of the geotectonic contexts. A simple solution to the
problem of theoretical modeling in geomorphology would be to reason based on the notion of
"rhythms" applied to the theree fundamental factors controling relief formation from regional to
continental scale:Climate, Tectonic, and Sea Level.

O CONTEXTO
Ao tratar de aspectos teóricos relacionados a um
ramo das ciências, faz-se inevitável, num primeiro
momento, voltar sua atenção para a delimitação do
objetivo e finalidades deste. Tal preocupação visa tão
somente a fixação de limites objetivos ao
desenvolvimento das idéias sobre o assunto.
Segundo Christofoletti (1980), “a geomorfologia é
aciência que estuda as formas de relevo”. Sendo estas
“esculpidas pela ação de determinado processo ou
grupo de processos”, “o estudo de ambos pode ser
considerado como o objetivo central deste ramo do
conhecimento”.
Esta concepção do objetivo da geomorfologia,
enquanto estudo das formas que compõem a superfície
terrestre, incluindo aí os processos que lhes deram
origem, constituiunanimidade no meio geográfico.
Faniran & Jeje (1983) ressaltam a atenção especial
dada, “nos tempos modernos”, à investigação das
relações existentes entre formas e processos, bem
como internamente a umas e outros.
Melhor contextualização do objeto de estudo da
geomorfologia encontra-se nas entrelinhas de Tricart
(1968), para quem a referida superfície terrestre
extende-se à litosfera, resultadoda interação entre
forças endógenas e exógenas, sendo função do
geomorfólogo “localizar o estado atual das coisas,
sempre precário, no quadro do tempo”, a partir do
entendimento dos efeitos relativos dessas “forças
antagônicas sempre cambiantes” e dos “mecanismos
de suas interferências”.

Observa-se, porém, que a maior parte das opiniões
deixa, involuntariamente, transparecer a ausência definalidades práticas para as investigações
geomorfológicas. Ao final, sempre sobra ao leitor a
impressão que se trata do estudo do aspecto da
superfície terrestre e, eventualmente, da evolução
deste no tempo geológico, como exercício meramente
acadêmico, porém sem projeções prático-aplicativas
relevantes.
A lacuna vem sendo preenchida por obras pouco
acessíveis aos nossos estudantes,porque raras em
muitas bibliotecas ou não indicadas pelos
professores. Fazem parte deste elenco os
panoramas sobre a contribuição objetiva da
geomorfologia ao planejamento territorial nas suas
mais variadas facetas e escalas, de autoria de
Verstappen (1983) e Costa & Fleisher (1984), dentro
dos mais úteis e recentes.
O grande passo na valorização da geomorfologia
enquanto ciência aplicávelfoi finalmente dado por
Fookes & Vaughan (1986), que, através das
contribuições de vários geomorfólogos, infelizmente
limitadas à tradição anglo-americana, reivindicam, a
favor da geomorfologia, um assento ao lado das
engenharias tradicionalmente consagradas.
Ao participar deste debate, não se pretende
elaborar um painel completo das várias construções
teóricas que visam a explicação das...
tracking img