Geografia de mato grosso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7681 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MATO GROSSO – INTRODUÇÃO

ÁREA 906.806,9 Km²
Localização Continental: América do Sul e Latina
Fuso Horário: 3º Fuso Horário brasileiro, - Atrasado 1 Hora em relação ao horário Oficial de Brasília e 4 Horas em relação ao GMT
Fronteiras:
Norte: AM e PA , Sul : MS, Leste: GO e TO e Oeste: RO e Bolívia
Pontos Extremos:
Norte: Confluência dos rios Telles-Pires com o Juruena. Município deApiacás
Sul: Cabeceira dos rios Furnas e Araguaia em Alto Taquari
Leste: Extremo Sul da Ilha do Bananal em Cocalinho
Oeste: Cabeceira do rio Madeirinha em Rondolandia
SIMBOLOS OFICIAIS

BANDEIRA
Criada em 31 de janeiro de 1890. Uma das mais antigas do Brasil. O azul = o céu;
O branco= a paz;
O verde = a extensão territorial;
A estrela amarela = o ideal republicanoe as riquezas minerais

BRASÃO DE ARMAS
Estilo português (ponta arredondada), com um “campo de sinople” verde representando as matas, uma “montanha” de ouro de cor amarela, representando a importância histórica da mineração, o céu azul evocando a tropicalidade, um braço armado empunhando uma bandeira com a cruz da Ordem de Cristo, uma fênix de cor de ouro , ladeado por dois ramos, um deseringueira e outro de erva-mate, e os dizeres em latim: “Virtute Plusquam Auro”. “Mais pela virtude que pelo ouro”.

HINO DE MATO GROSSO

Instituído pelo Decreto N.º 208, de 05/09/1983 – governador Júlio José de Campos, oficializando a letra do poema "Canção Mato-grossense", de autoria de Dom Francisco de Aquino Corrêa, musicado pelo maestro e tenente da Polícia Militar Emílio Heine,"sendo inalterável no seu todo ou nas suas partes".
Hino de Mato Grosso
Letra: Dom Aquino Corrêa
Maestro: Emilio Heine
 
Limitando, qual novo colosso,
O ocidente do imenso Brasil,
Eis aqui, sempre em flor. Mato Grosso,
Nosso berço glorioso e gentil!
Eis a terra das minas faiscantes,
Eldorado como outros não há
Que o valor de imortais bandeirantes
Conquistou aoferoz Paiaguás!
 
(BIS)
Salve, terra de amor, terra do ouro,
Que sonhara Moreira Cabral!
Chova o céu dos seus dons o tesouro
Sobre ti, bela terra natal!
 
Terra noiva do Sol! Linda terra!
A quem lá, do teu céu todo azul,
Beija, ardente, o astro louro, na serra
E abençoa o Cruzeiro do Sul!
No teu verde planalto escampado,
E nos teus pantanais como o mar,Vive solto aos milhões, o teu gado,
Em mimosas pastagens sem par!
 
Hévea fina, erva-mate preciosa,
Palmas mil, são teus ricos florões,
E da fauna e da flora o índio goza,
A opulência em teus virgens sertões.
O diamante sorri nas grupiaras
Dos teus rios que jorram, a flux,
A hulha branca das águas tão claras,
Em cascatas de força e de luz.
 
Dos teus bravos aglória se expande
De Dourados até Corumbá,
O ouro deu-te renome tão grande
Porém mais, nosso amor te dará!
Ouve, pois, nossas juras solenes
De fazermos em paz e união,
Teu progresso imortal como a fênix
Que ainda timbra o teu nobre brasão.

A REGIÃO CENTRO OESTE E MATO GROSSO

Área : 1.604.852 Km² - 19% do território nacional
Única região que faz limites com todas as outrasregiões
Fronteira Internacional : Bolívia e Paraguai
Paisagem dominada pela tropicalidade, cerrado e chapadas
Ocupação efetiva – século XVII – Mineração
Século XX – décadas de 50/60
Construção de Brasília
Aumento do fluxo populacional
Modernização agrícola
Século XX – décadas de 70/80 –
Projetos de desenvolvimento regional e setorial – SUDECO/SUDAM/
Projetosagropecuários

A CONSTRUÇÃO DO ESPAÇO GEOGRAFICO DE MATO GROSSO

DO SÉCULO XV AO XVIII
Para compreender a constituição do espaço que é hoje o Estado de Mato Grosso vamos nos reportar á Europa do século XV e XVII, e uma palavra resume o que estava acontecendo por lá. CRISE. O sistema feudal estava dano seus últimos suspiros e uma nova ordem surgia liderada pela nova classe social. A...
tracking img