Fundamentos da teoria da literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Santa Cruz - EAD/UAB
Polo: Lourival Silva Dourado
Curso: Letras Vernáculas
Discente: Maíra Pereira Matos
Disciplina: Fundamentos daTeoria da Literatura

Exercício da página 45
1- Porque diferente da mimesis a realidade não era imitada, e sim, criada outra, o artista não era mais um meroimitador e sim o dono de sua própria realidade.
2- Pois, foi a partir dele que a obra passou de uma simples imitação para algo autônomo, que expressa desejos, emoções eamores do próprio artista.
3- Do grego mímesis, “imitação” (imitatio, em latim), designa a ação ou faculdade de imitar. As primeiras concepções teóricas acerca damimesis foram formuladas por Aristóteles e por Platão. Para Aristóteles a mimesis é algo inerente ao ser humano imitar nos difere dos outros animais. Em seu livro eleafirma que essa imitação não é uma cópia fiel da realidade, pois o artista é aquele que atrai os modelos existentes nas coisas naturais, representando assim essemodelo de mimesis.Para Platão mimesis assume sentidos diversos primeiro ele aponta mimesis sendo uma diversão do artista através do qual ele copia a aparência, não arealidade profunda das coisas e dos seres. Segundo ele considera a mimesis como decorrência da existência humana de mostrar por imagens a realidade que o rodeia. Epor último e fundamental para conceito de mimesis é quando o artista se sujeita a fazer sua obra ele tende a se afastar três degraus da realidade para que o mimetismoseja realizado com êxito.
4- Consiste em copiar as coisas naturais da vida como, por exemplo: a comédia mostrava - se como a representação dos costumes da época.
tracking img