Funcionamento da sociedade capitalista segundo emile durkhein,karl marx e max weber

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1027 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNCIONAMENTO DA SOCIEDADE CAPITALISTA SEGUNDO EMILE DURKHEIN,KARL MARX E MAX WEBER

EMILE DURKHEIN

Segundo Durkheim , a Sociologia, como ciência metódica, poderá descobrir as leis sociais, da seguinte forma: a verdadeira Ciência só aparece quando ocorre a perfeita separação entre prática e teoria; o fator social é sempre determinante; deve-se “despir-se” de nossos próprios valores parapoder entendê-lo.
A solidariedade é a maneira pela qual as pessoas estão ligadas e unidas, havendo duas formas: a mecânica e a orgânica. A solidariedade mecânica é característica da sociedade pré-capitalista, na qual as ligações são por meio das crenças e costumes, há pouca divisão do trabalho, as pessoas se unem baseadas nas semelhanças, e a consciência coletiva é mais forte e extensiva a um númeromaior de pessoas, existindo maior consenso. Por outro lado, a solidariedade orgânica já é uma característica da sociedade capitalista moderna e sua principal característica é a divisão de trabalho, que causa interdependência entre os indivíduos e suas crenças, costumes ou preferências não aparecem como co-relação. Assim sendo: indivíduos desempenham funções diferentes; existe uma dependênciaentre as pessoas; a divisão de trabalho é a solução pacífica para a competição na luta pela vida; e há uma margem maior de liberdade para pensar e agir. Durkheim afirma que a solidariedade orgânica é superior à solidariedade mecânica, pois a primeira permite ao indivíduo usar de sua autonomia e é quando a consciência coletiva “afrouxa”.O estudioso assim mantémse em uma posição conservadora propondoreforma social, haja vista, que ele é a favor do capitalismo tendo uma opinião positiva e acreditando que o capitalismo é o caminho para o sucesso das sociedades.

KARL MARX

No que se refere ao materialismo histórico desenvolvido por Marx, este foi a corrente mais revolucionária do pensamento social, tanto no campo teórico como no da política . Marx acreditava numa transformação política, porisso suas obras foram escritas para o acesso de todos os homens e não apenas de estudiosos ou culturalmente privilegiados. A crítica de Marx ao meio de produção capitalista apontava as injustiças sofridas pelos trabalhadores.
O processo de modernização, pelo qual a sociedade passou, mostra que o capitalismo e todo o processo de produção dominaram a vida, de tal forma que não havia espaço para otempo livre; este somente acontecia para regenerar as forças. O tempo ocioso ganhou uma conotação maldosa de inutilidade, e de preguiça. Para Marx a liberdade era um ponto fundamental do trabalho. Ele afirmava que trabalhar era uma atividade coletiva, mas servia para o homem realizar-se a si mesmo. O trabalho alienado traz a miséria e o trabalhador afunda até um nível de mercadoria das maisdeploráveis, fazendo a miséria do trabalhador aumentar junto com sua força de produção.
Com a divisão do trabalho, por exemplo, as linhas de montagem, a alienação se intensificou. Antes o produtor sabia todas as etapas da produção e depois da divisão ele não mais as conhecia. O trabalho tornou-se mecânico e isto caracteriza a alienação. É a perda da liberdade e o início da dominação.
A mercadoria,visando a lucros, passou a ter valor superior ao homem. Ela se humaniza e o homem se desumaniza. Desaparece a valorização do lado sentimental e emocional das pessoas. O burocrata-diretor olha as pessoas sem amor nem ódio, simplesmente olhar suas fichas como se eles fossem coisas.

MAX WEBER

Max Weber busca explicar o capitalismo através de fatores externos a economia.Para Weber ,o capitalismo seconstitui a partir da herança de um modo de pensar as relações sociais ligada pelo movimento do protestantismo de Lutero.
A idéia principal neste modo de pensar refere-se a extrema valorização do trabalho,da prática de uma profissão(vocação) na busca da salvação individual.A criação de riquezas pelo trabalho e poupança seria um sinal de que o indivíduo pertenceria ao grupo dos predestinados.
De...
tracking img