Fronteiras e identidade sexual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (254 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FRONTEIRAS E IDENTIDADE SEXUAL:

Se pensarmos que a identidade é algo que construímos com o as vivências talvez possamos explicar a importância que é dada àintimidade como reveladora de identidade.
Uma pessoa que se diz homossexual não significa apenas que possui uma identidade sexual, e esse identidade que difere dos padrõesnormativos acaba sendo motivo para exclusão dessas pessoas. Essa exclusão gerou a necessidade de criação de territórios de interação onde haja reconhecimento entre osfrequentadores.
Segundo o movimento gay esses territórios são paradoxais pois ao mesmo tempo que possuem um papel de reconhecimento entre o grupo, são espaços marginalizados.A luta do movimento é por visibilidade defendendo que as práticas homoeróticas não fiquem confinadas a esses locais.
Em alguns casos esses territórios são locais deisolamento. Na medida em que há um interesse pela revelação da identidade, locais como saunas, banheiros públicos e clubes tornam-se formas de proteção.
Para ZygmuntBauman essa necessidade de proteção de uma identidade é explicada pois essas identidades anormativas são classificadas como subclasses e a partir delas a inserção do indivíduoem outros grupos é prejudicada por pré-conceitos.
Fica claro como a vida pública se relaciona diretamente com a vida privada e através do diálogo e de construção deidentidades mais valorizadas será possível romper essas fronteiras.


Referências Bibliográficas:

BARRETO, Rafael C., Nas fronteiras do arco íris: territórios desociabilidade gay no Rio de Janeiro
ENCE/IBGE, 2010.

FERRARI, Anderson., Revisando o passado e construindo o presente: o movimento gay como espaço educativo., UFJF. 2003
tracking img