Freio hidraulico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1671 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Freio Hidráulico









Claudio Luís RA A408F1-5
Thiago Sousa RA A97DCG-3
Paulo César RA B0576G-9
Paulo Henrique RA B10DGA-2




Trabalho apresentado junto a Disciplina de Atividades de Pesquisa Supervisionada (APS) no Curso de EngenhariaBásico sob a Orientação da Profo. André Ricardo Ramos


Terceiro Semestre 2012




Sumário


Introdução 2
Blaise Pascal 2
Lei de Pascal 3
Freio a Disco 4
Objetivo 5
Desenvolvimento 6
Freios Hidráulicos 6
Óleo Hidráulico 7
Pressão Hidráulica 7
Discussão 9
Calculo: Princípio de Pascal 10
Conclusão 12
Bibliografia 13














IntroduçãoBlaise Pascal

[pic]
Blaise Pascal - Retrato por anônimo do Século XVII.

Como físico
  Na física, Pascal contribuiu no campo da hidrostática, desenvolvendo importantes estudos que tiveram como inspiração as descobertas do italiano Evangelista Torricelli sobre a pressão atmosférica que reanimou a velhíssima controvérsia sobre o "horror ao vácuo". Pascal, então, escreve um texto Prefácio aotratado sobre o vácuo, no qual trata da questão da Ciência e da tradição. Neste texto Pascal divide o conhecimento humano em dois tipos: um baseado na autoridade e na tradição, sendo seu melhor exempla a teologia; outro, na experiência e na razão sendo a física um modelo: "Mas o campo em que a autoridade tem a força principal, é o da teologia, pois ela é inseparável da verdade e somente pelaautoridade, conhecemos a verdade: de modo que para obter certeza plena nas matérias mais incompreensíveis para a razão, basta mostrar que estão nos livros sagrados... Já o mesmo não ocorre com as matérias que caem no âmbito dos sentidos ou do raciocínio: aí, a autoridade é inútil e esses conhecimentos dependem só da razão. Razão e autoridade têm seus direitos delimitados: aqui prevalece uma; lá, reina aoutra...".
Pascal conclui dizendo: "Independentemente da força que tenha esta antiguidade, a verdade deve sempre prevalecer, mesmo que recentemente descoberta, já que a verdade é sempre mais antiga do que qualquer opinião que se tenha sobre ela: seria ignorar sua natureza, pensar que ela tenha começado a existir no momento em que ela começou a ser conhecida".
Assim, Pascal devido asua educação liberal, interpretava os resultados obtidos de seus experimentos sem os preconceitos da época. Em uma de suas experiências ele teve a comprovação de que o equilíbrio da coluna de mercúrio se deve à pressão atmosférica. A experiência decisiva foi realizada no Puy-de-Dome, de acordo com as instruções de Pascal que a repetiu em Paris, na torre de Saint-Jacques. Desapareceram as últimasdúvidas: a altura da coluna de mercúrio varia com a altitude do lugar. Em 1653, Pascal enunciou e provou experimentalmente este princípio: O acréscimo da pressão em um ponto de um líquido em equilíbrio transmite-se integralmente a todos os pontos deste líquido. Uma aplicação deste princípio é encontrada em máquinas hidráulicas que são capazes de "multiplicar forças", tais como a prensa hidráulica e ofreio hidráulico.

Lei de Pascal
A lei de Pascal, também conhecida por princípio de Pascal, foi formulada em 1653 pelo matemático, físico e filósofo francês Blaise Pascal.
Segundo esta lei a pressão aplicada a um fluído fechado num recipiente transmite-se uniformemente em todas as direções. Num fluído estático, a força é transmitida à velocidade do som ao longo do fluído, e estaforça atua perpendicularmente a qualquer superfície interior, ou que contenha o fluído.
A lei da Pascal é uma conseqüência imediata da equação fundamental da hidrostática e é utilizada na prensa hidráulica, nos pneus e em dispositivos semelhantes.
A utilização da lei de Pascal na prensa hidráulica tem a grande vantagem de permitir transformar forças pequenas noutras muito maiores....
tracking img