Fisioterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7211 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Lesões mais incidentes no futebol e a atuação da fisioterapia desportiva
Hilma Borges do Nascimento¹ hilma_hbn@hotmail.com Silvânia Yukiko Lins Takanashi² Pós-graduação em Reabilitação em Ortopedia e Traumatologia com ênfase em Terapia Manual Faculdade Ávila

Resumo É público que o futebol é o esporte mais popular em nosso país e que suas exigências físicas, táticas e técnicas fazem deleum esporte com grande número de lesões. A fisioterapia aplicada à área desportiva dedica-se não somente ao tratamento do atleta lesado, mas também em medidas preventivas. Objetivo: Identificar através de revisão literatura especializada as lesões mais incidentes no futebol e a atuação da fisioterapia desportiva no Brasil. Metodologia: Neste estudo foram realizadas buscas em bases de dadoseletrônicos, Scielo, Biblioteca Virtual de Saúde e no site Google Acadêmico, e acervo da biblioteca da Universidade do Estado do Pará (UEPA) referente ao período entre 2000 e 2012. Resultados: Foram selecionadas no total 138 pesquisas de acordo com as palavras-chaves aplicadas. Após aplicação da leitura, resumo dos artigos/livros e aplicação dos critérios de exclusão, foram incluídos 41 pesquisas nesteestudo. Conclusão: Com o presente estudo pode-se concluir que há um alto índice de lesões em atletas no futebol ocorrendo por diversos fatores. Estas lesões ocorrem mais em membros inferiores, com predomínio na região da coxa. O tratamento fisioterápico e o tempo de afastamento desses atletas variam muito de acordo com o grau e característica de cada lesão. Palavras - Chaves: Fisioterapia; LesõesEsportivas; Futebol.

1. INTRODUÇÃO 1.1 Considerações Iniciais O futebol é a modalidade esportiva mais praticada no mundo, com participantes em todas as faixas etárias e diferentes níveis e com, aproximadamente, 400 milhões de adeptos no mundo, sendo que desses 30 milhões se encontram no Brasil. De acordo com a Federação internacional de futebol (FIFA) existem mais de 200 milhões de atletaslicenciados pela federação em todo mundo (SILVA et al, 2005). A supervalorização financeira desse esporte provocou mudanças extremas, exigindo mais força, preparo físico e treino do atleta. Essas exigências trouxeram aos mesmos danos que outrora não apresentavam com grande frequência. Devido ao fato de que o índice de lesões esportivas no futebol profissional é elevado, também evoluíram as preocupaçõescom o bem estar do atleta. Cuidados começaram a ser levados em consideração e colocados em prática, objetivando a prevenção de lesões (PLENTZ, 2008). Para Silva (2000), o futebol requer muitas qualidades físicas que parecem ser independentes da posição do futebolista. Capacidade de aceleração rápida, alta velocidade de corrida, boa habilidade para saltar, forçar explosiva dos músculos de membrosinferiores e resistência de velocidade são exigidas constantemente dos atletas. ¹ Pós-graduanda em Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia com ênfase em Terapia Manual
² Fisioterapeuta; Professora Assistente da UEPA; Doutoranda pela UFPA.

2 O objetivo de qualquer atleta é alcançar o máximo rendimento individual possível durante as competições e o treinador, com o amplo conhecimento teóricoque deve possuir, apoiado em resultados científicos e teóricos em sua variada experiência prática, preparará o caminho para sua equipe atingir as suas metas através do desenvolvimento do rendimento (FERNANDES, 1994 apud SANTOS, 2010). Por sua vez, os atletas, na tentativa de alcançar altos níveis de desempenho com o treinamento, podem tornar-se excessivamente treinados, exibindo sinais e sintomas dosupertreinamento. O supertreinamento é caracterizado pelo desequilíbrio entre estresse e recuperação. Os fatores de estresse podem ser encontrados não apenas em situações do treinamento e da competição, mas também naquelas relacionadas à extratreinamento e extracompetição. Embora não existam indicações de que isso possa causar danos irreversíveis ao atleta, o risco de lesão, doenças ou...
tracking img