Fisiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASILIA
FISIOLOGIA
LEANDRO DIAS TEIXEIRA


ENZIMAS DIGESTIVAS
RESUMO DA AÇÃO ENZIMÁTICA NA DIGESTÃO DOS ALIMENTOS
A pepsina, enzima mais potente do suco gástrico, é secretada na forma de pepsinogênio. Como este é inativo, não digerem as células que o poduzem. Por açãodo ácido clorídrico, o pepsinogênio, ao ser lançado na luz do estômago, transforma-se em pepsina,enzima que catalisa a digestão de proteínas.

O suco pancreático, produzido pelo pâncreas, contém água, enzimas e grandes quantidades de bicarbonato de sódio. O Ph do suco pancreático oscila entre 8,5 e 9. Sua secreção digestiva é responsável pela hidrólise da maioria das moléculas de alimento, como carboidratos, proteínas, gorduras e ácidos nucléicos).
A amilase pancreática fragmenta o amidoem moléculas de maltose; a lipase pancreática hidrolisa as moléculas de um tipo de gordura – os triacilgliceróis, originando glicerol e alcool; as nucleases atuam sobre os ácidos nucléicos, separando seus nucleotídios.
O suco pancreático contém ainda o tripsinogênio e o quimiotripsinogênio, formas inativas em que são secretadas as enzimas protelíticas tripsina e quimiotripsina. Sendo produzidasna forma inativa, as proteases são digerem suas células secretoras. Na luz do duodeno, o tripsinogênio entra em contato com a enteroquinase, enzima secretada pelas células da mucosa intestinal, convertendo-se em tripsina que por sua vez contribui para a conversão do precursor inativo quimiotripsina, enzima ativa.


A tripsina e a quimiotripsina hidrolisam polipeptídios, transformando-os emoligopeptídios.
A pepsina, a tripsina e a qimiotripsina rompem ligações peptídicas específicas ao longo das cadeias de aminoácidos.

A mucosa do intestino delgado secreta o suco entérico, solução rica em enzimas e de Ph aproximadamente neutro. Uma dessas enzimas é a enteroquinase. Outras enzimas são as dissacaridases, que hidrolisam dissacarídeos em monossacarídeos (sacarase, lactase, maltase). Nosuco entérico há enzimas que dão sequência à hidrólise das proteínas: os oligopeptídios sofrem ação de peptidases, resultando em aminoácidos.
(fonte: afh.com.br/fisiologia – 09.11.2011 – 21:32)

TABELA ENZIMÁTICA



TRIPSINA
Secretada pelo pâncreas; se torna ativa pela enzima enteropeptidase. Realiza a ativação autocatalítica do tripsinogênio e também converte as outras próenzimas nasenzimas ativas; no duodeno cerca de 50% das proteínas ingeridas são digeridas e absorvidas (Fisiologia – Mathew N.Levy – 4.ed).
É específica para ligações peptídicas contendo resíduos com cadeia lateral longa com carga elétrica positiva, em condições fisiológicas, tais como arginina (arg) e lisina(lys) (2.bioquimed.ufrj.com.br)

QUIMOTRIPSINA
Secretada pelo pâncreas; é uma serina protease.Enzima que catalisa a clivagem hidrolítica das ligações peptídicas. Essa protease é especíifica para ligações peptídicas adjacentes aos resíduos de aminoácidos aromáticos (Princípios da Bioquímica – Lehninger – 4.ed)
É específica para ligações peptídicas contendo resíduos de aminoácidos com cadeias laterais hidrofóbicas, como fenilalanina (phe), tirosina (tyr) e tripfano (trp) (2.bioqmed.ufrj.com.br)CARBOXIPOLIPEPTIDASE
Secretada pelo pâncreas; hidrolisam os aminoácidos nas extremidades carboxiterminal e aminoterminal dos polipeptídios. Alguns aminoácidos livres são liberados no lúmen intestinal, enquanto outros o são na superfície celular pelas aminopeptidases, carboxipeptidases, endopeptidases e dipeptidases presentes na borda-em-escova das células da mucosa. Alguns di e tripeptídiossão transportados ativamente para o interior das células intestinais, sendo hidrolisados por peptidases intracelulares com passagem dos aminoácidos para a corrente sanguínea. (Fisiologia Médica – Willian F.Ganong – 22 ed)

NUCLEASES
São uma classe de enzimas que catalisam a hidrólise de ácidos nucléicos (DNA e RNA) em todos os organismos, incluindo seres humanos. É uma enzima capaz de quebrar...
tracking img