Fisica experimental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (608 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Física Experimental

Objetivo:
Determinar a constante elástica da mola, e comparar os métodos dinâmicos com os métodos estáticos.

Resumo teórico:

A constante elástica é a característicamais importante da mola porque é ela que irá influir decisivamente nas condições de conforto e estabilidade de diversos equipamentos.
A constante elástica da mola é definida pela seguinte equação:Fr= K.∆x

onde:

Fr = Força resultante;
K = Constante elástica da mola ;
∆x = Variação da deformação ;

Durante o experimento foi utilizado corpos de prova para determinar diferentesdeformações da mola e uma balança para medir a massa dos mesmos. Com esses dados interligamos em pontos que nos foi possível criar uma reta que passa entre os mesmos, baseado na seguinte equação:

Tanα = Ke =∆P∆x
Onde:
Tan α = K = Constante elástica da mola;
∆P = Variação do peso;
∆x = Variação da deformação da mola;

Usaremos um método dinâmico e estático ,com certos dados faremos a comparação parasabermos como a mola se comporta e se ao final o processo estará correto.

Instrumentos utilizados:

suporte: mola: corpos de prova:cronômetro: trena: balança:



Trabalho da mola:

Dados:

Os seguintes dados foramcalculados e em seguida transformados para o sistema MKS.

Mola – deformação

X | mm | ∆x= xf - xi | m |
X0 | 225 mm | | |
X1 | 255 mm | 30 mm | 0,3 m |
X2 | 280 mm | 50 mm | 0,050 m |X3 | 305 mm | 85 mm | 0,085 m |
X4 | 330 mm | 111 mm | 0,111 m |

Corpo de prova – peso

m | (m) adicionado | m.g | P |
m1 | 0,0551 kg | 0,055.9,81 | 0,54 N |
m2 | 0,1047 kg | 0,1047.9,81 | 1,03 N |
m3 | 0,1547 kg | 0,1547. 9,81 | 1,52 N |
m4 | 0,2045 kg | 0,2045. 9,81 | 2,01 N |

Onde:

cp = corpo de prova;
m1 = cp1;
m2 = cp1 + cp2;
m3 = cp1 + cp2 + cp3;
m4 = cp1 +...
tracking img