Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3947 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
4.
A resposta é pessoal. Já nos referimos às "imagens exemplares" que nos são apresentadas pela mídia e que provocam os mais diversos anseios (sucesso. poder, liderança, atração sexual etc.). A propósito dessa questão, o professor poderia sugerir um trabalho mais abrangente, por exemplo, a partir de filmes que despertam esse tipo de reflexão: Batman, o cavaleiro das trevas, dirigido porChristopher Nolan, EUA. 2008 (o confronto mítico entre
o bem e o mal); Arquitetura da destruição, dirigido por Peter Cohen, Alemanha, 1994 (o mito da beleza e da pureza racial, que enfeitiçou o hitlerismo); Pequena miss Sunshine, dirigido por jonathan Dayton e Valerie Faris, EUA, 2006 (que satiriza a busca do sucesso e da fama).
Aplicando os conceitos
5.
a) As ações heroicas relatadas nas epopeiasmostram a constante intervenção dos deuses, ora para auxiliar o protegido, ora para perseguir o inimigo. Ter sido escolhido pelos deuses em nada desmerecia a virtude do herói. No caso, Ulisses era protegido da deusa Atena.
b) No período da civilização micênica, o indivíduo é presa do Destino, que é imutável, não pode ser alterado. Falta ao herói Agamêmnon a noção de vontade pessoal, de liberdade.6.
a) Orestes, protegido do deus Apolo, estava determinado a vingar-se da morte do pai e sofre com a perseguição das Erínias, mas livra-se dos remorsos com a intervenção de Atena, que considerou justo o seu ato. O comentário de Calligaris no capítulo anterior lembra que a turba conclamando à vingança assemelha-se às Erínias, desejosas de vingança.
b) Resposta pessoal. Por exemplo, pessoasressentidas. vingativas, ou no exemplo de Calligaris. as que projetam nos outros os próprios medos.
7.
Dissertação pessoal. Não é todo mito que nos leva a pensar positivamente sobre a vida. Há mitos destrutivos. como o nazismo, o desejo excessivo de poder, a ganância (enriquecer a qualquer custo). a glória desmedida etc. Daí a importância da reflexão, da sabedoria.
Debate
8. Questão aberta. Há mitosque representam a luta entre
o bem e o mal, os que reforçam estereótipos e preconceitos, os que estimulam a busca da eterna juventude e da beleza etc. Alguns filmes já foram sugeridos na resposta da questão 4 (outros poderão ser encontrados em Sugestões). As telenovelas podem dar elementos de discussão, por exemplo, se reforçam os estereótipos da beleza e da eterna juventude ou se conduzem àalienação, ao camuflar os preconceitos que existem na sociedade conservadora, assim como os programas humorísticos quando reforçam estereótipos como a "mulher burra" ou "fútil". homossexuais como tolos cheios de trejeitos etc.

.. Sugestões complementares
• Pesquisa sobre os mitos gregos
a) Algumas sugestões: Urano, Cronos e Zeus (a luta entre pai e filho); Apolo e Dionísio (o contraste entre oapolíneo -harmonia e racionalidade -e o dionisíaco (entusiasmo e vontade de viver); Prometeu (o roubo do fogo e
o nascimento da técnica, que libertaria os seres humanos) e Pandora (a primeira mulher, bela mas cuja curiosidade introduz os males e sofrimentos).
b) Leitura do canto XII da Odisseia, de Homero e interpretação da aventura narrada. Essa atividade pode ser feita junto com o professor deLíngua Portuguesa.
Existem diversas publicações da Odisseia (por exemplo, das editoras Cultrix e Ediouro), além de algumas adaptadas para o público infantojuvenil. O canto XII relata a passagem das sereias, que enfeitiçavam com seu canto os marinheiros e os forçavam a se lançar ao mar, para a morte. Ulisses, para não ser vítima desse encanto, usa de um estratagema: faz com que os marinheiros oamarrem fortemente ao mastro do navio (portanto, poderá ouvir o canto sem se lançar ao mar) e coloca cera no ouvido dos marinheiros. Desse modo, a travessia é realizada com sucesso. A professora Olgária Matos, a propósito da interpretação feita pelos filósofos da Escola de Frankfurt, diz: "Os marinheiros desconhecem o perigo, mas também a beleza do canto. Quanto a Ulisses, pode desfrutar do canto...
tracking img