Filosofia - mito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
5) O que é um mito?
O mito para os gregos era sinônimo de confiabilidade. Este pode ser caracterizado como uma narrativa sobre a origem de determinada coisa, seja ela um fato divino ou até mesmo a existência de um animal desconhecido. Era caracterizado como algo sagrado, pois acreditavam que essa narrativa mítica vinha de uma relação divina. O mito procura explicar osprincipais acontecimentos da vida, o fenômenos naturais, as origens do mundo e do homem por meio de deuses, semideuses e heróis. Pode-se dizer que o mito é uma primeira tentativa de explicar a realidade.


6) Quais são as diferenças entre Filosofia e mito?
A explicação mítica é contrária à explicação filosófica. Segundo o texto de Marilena Chauí entre tantas características que os distinguem, estãopresentes as seguintes diferenças:
Primeiramente o mito tende a narrar às coisas como eram tomando sempre como base o passado pra descrever o presente. A filosofia ao contrário se preocupa com as respostas aos questionamentos em uma totalidade do tempo, ou seja, abordando passado, presente e futuro.
Outra distinção notável entre ambos é que o mito tende a narrar à origem das coisasatravés de forças divinas e sobrenaturais, enquanto a filosofia explica a produção natural das coisas por elementos e causas naturais.
E por ultimo, o mito não se importa com contradições, uma vez que são traços próprios da narrativa mítica, ao contrário da filosofia que não admite contradições, exigindo uma explicação racional.


7) Segundo Marilena Chauí, quais são as principaiscondições (3 condições) históricas que explicam o surgimento da Filosofia no ocidente grego? Explique.
Entre inúmeras condições históricas que explicam o surgimento da filosofia na Grécia, estão as viagens marítimas, invenções do calendário e a invenção da moeda.
Primeiramente as viagens marítimas deram a possibilidade aos gregos de descobrirem lugares antes descritos pelos mitos comohabitados por divindades. Com o inicio dessas viagens o povo grego pode ver a verdade por de trás das narrativas míticas, ou seja, descobriram que os lugares antes descritos como ambientes habitados por deuses e monstros eram na verdade habitados por pessoas. Portando, as viagens produziram um nível maior de questionamentos e exigências de explicações sobre suas origens, que os mitos não poderiammais oferecer.
Outra condição histórica que propicia o surgimento da filosofia é a invenção do calendário, que consiste em um modo de calcular o dia e os anos, relevando assim uma capacidade de abstração nova, natural, não mais definido como um poder superior.
Por fim, a invenção da moeda permitiu uma nova forma de troca, onde a forma de trocas por coisas concretas deu lugar a umanova forma de troca, direcionada ao valor. Mostrando assim uma capacidade de abstração e generalização.


8) O que denota a palavra “filosofia”?
Filosofia significa a amizade pela sabedoria, ou seja, amor e respeito pelo saber. O filósofo pode ser caracterizado como o que ama a sabedoria, tem amizade pelo saber, deseja saber. A filosofia é a decisão de não aceitar como óbvias eevidentes as coisas, as ideias e os fatos. É jamais aceitá-los sem antes tê-los investigado e compreendido. É questionar as perguntas e respostas sempre.


9) Quem é o filósofo segundo Pitágoras a partir do argumento dos 3 tipos de pessoas que compareciam aos jogos olímpicos? Explicar.
Para o filósofo Pitágoras há três tipos de pessoas que compareciam aos jogos olímpicos, o primeirotipo eram os que iam comerciar durante os jogos, ou seja, estavam a serviço de seus próprios interesses sem a mínima preocupação com a disputa e o torneio. O segundo eram os que iam para disputar, ou seja, atletas e artistas e o terceiro tipo eram os que iam somente para contemplar, julgar e avaliar os números ali apresentados. Segundo Pitágoras esse terceiro grupo era caracterizado como os...
tracking img