Filosofia medieval

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2509 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Filosofia Medieval e o Pensamento Cristão

Para discutirmos a filosofia no período medieval é essencial atrelar tal discussão ao contexto histórico dado pela Igreja Católica neste mesmo período.
No plano cultural, a Igreja exerceu ampla influencia, traçando um quadro intelectual em que a fé cristã era o pressuposto da vida espiritual.
Assim, toda investigação filosófica ou cientifica nãopoderia, de modo algum, contrariar as verdades estabelecidas pela fé católica. Segundo essa orientação, os filósofos não precisavam se dedicar à busca da verdade, pois ela já havia sido revelada por Deus aos homens.
Nesse contexto, a filosofia medieval pode ser dividida em quatro momentos principais:
Padres Apostólicos- do inicio do cristianismo (séc. I e II), entre os quais se incluem osapóstolos, que disseminavam a palavra de Cristo, sobretudo em relação aos temas morais. Entre esses se destaca a figura de São Paulo pelo volume e valor literário de suas epistolas.
Padres apologistas- ( século III) que faziam apologia ao cristianismo contra a filosofia pagã.
Patrística- ( de meados do século IV ao século VIII) no qual se busca uma conciliação entre a razão e a fé e se destacam afigura de Santo Agostinho e a influencia da filosofia platônica.
Escolástica- (do século IX a XVI) no qual buscou uma sistematização da filosofia cristã, sobretudo a partir da interpretação da filosofia de Aristóteles e se destaca a figura de Santo Tomás de Aquino.

Patrística

Com o desenvolvimento do cristianismo, tornou-se necessário explicar seus preceitos às autoridades romanas e ao povoem geral.
Foi assim que os primeiros padres da Igreja se empenharam na elaboração de inúmeros textos sobre a fé e a revelação cristã. O conjunto desses textos ficou conhecido como patrística, por terem sido escritos principalmente por padres.

De um lado se procura interpretar o Cristianismo mediante conceitos tomados da filosofia grega, do outro reporta-se ao significado que esta última dáao Cristianismo. Os primeiros pensadores cristãos, ao mesmo tempo em que se valeram, também se debateram com os filósofos quer com Platão e com Aristóteles, quer, sobretudo, com os estóicos e com os epicureus. Sem perder de vista os ideais da doutrina cristã, eles buscaram encontrar, frente à Filosofia e aos filósofos, o lugar apropriado da reflexão filosófica e do pensar cristão. "É comum aafirmação de que o Cristianismo primitivo sofreu influências de vários setores da Filosofia Grega - de Platão, de Aristóteles, dos epicuristas e dos estóicos - sem que se determine claramente a amplitude e os limites de tais influências. Também é comum dizer-se que os filósofos convertidos ao Cristianismo buscaram dar à doutrina cristã um status filosófico, mas sem o cuidado de salientar as fontes dasquais se serviram ou sem analisar os conceitos dos quais se apropriaram

Santo Agostinho

Agostinho cresceu no norte da África colonizado por Roma, educado em Cartago. Foi professor de retórica em Milão em 383. Em sua formação intelectual, Agostinho sentiu-se depertado por alguns pressupostos filosoficos, como o maniqueismo (doutrina persa que afirmava ser o universo dominado por doisprincipios opostos: o bem e o mal). Mais tarde, entrou em contato com o ceticisto e depois com o neoplatonismo.
Logo, foi tomado de uma grande crise existencial, e foi nesse período que conheceu o cristianismo, tornando-se seu grande defensor pelo resto da vida.
Agostinho defendeu a superioridade da alma humana, isto é, a supremacia do espírito sobre o corpo, a matéria. A alma teria sido criada porDeus para reinar sobre o corpo, para dirigí-lo a prática do bem. A verdadeira liberdade estaria na harmonia das ações humanas com a vontade de Deus. Ser livre é servir a Deus, pois o prazer de pecar é a escravidão.
Segundo o filósofo, o homem que trilha a via do pecado só consegue retornar aos caminhos de Deus e da salvação mediante a combinação de seu esforço pessoal de vontade e a concessão,...
tracking img