Filosofia, apostila

Páginas: 79 (19677 palavras) Publicado: 19 de março de 2014
CAPÍTULO 1
1.1O pensamento mítico
1. O que é o mito
2. O mito, entre as sociedades tribais, é uma forma de o ser humano se situar no mundo, isto é, de encontrar o seu lugar entre os demais seres da natureza. É um modo ingênuo, fantasioso, anterior a toda reflexão, e não-crítico de estabelecer algumas verdades que não só explicam parte dos fenômenos naturais ou mesmo a construção cultural, masque dão, também, as diretrizes da ação humana. Devemos salientar, entretanto, que, não sendo teórica, a verdade do mito não obedece à lógica nem da verdade empírica, nem da verdade científica. É verdade intuída, que não necessita de provas para ser aceita, porque seu critério de adesão é a fé. Por essa razão, quando existem várias versões do mesmo mito, não devemos nos preocupar em estabeleceruma versão autêntica, pois é o conjunto dessas versões que constituem a sua realidade.
3. O mito nasce do desejo de entender o mundo, para afugentar o medo e a insegurança. O ser humano, à mercê das forças naturais, que são assustadoras, passa a emprestar-lhes qualidades emocionais. As coisas não são mais matéria morta, nem são independentes do sujeito que as percebe. Ao contrário, estão sempreimpregnadas de qualidades e são boas ou más, amigas ou inimigas, familiares ou sobrenaturais, fascinantes e atraentes ou ameaçadoras e repelentes. Assim, o ser humano se move dentro de um mundo animado por forças que ele precisa agradar para que haja caça abundante, para que a terra seja fértil, para que a tribo ou o grupo seja protegido, para que as crianças nasçam e os mortos possam ir em paz.4. O processo mítico está, então, muito ligado à magia, ao desejo, ao querer que as coisas aconteçam de um determinado modo. É a partir disso que se desenvolvem os rituais como meios de propiciar os acontecimentos desejados. O ritual é o mito tornado ação.
5. Os exemplos de rituais são inúmeros: já nas cavernas de Lascaux e Altamira, o homem do Paleolítico (1000 a 5000 a.C.) desenhava osanimais, em estilo muito realista, e depois “atacava-os” com flechas, para garantir o êxito da caçada. Os ritos de nascimento e de morte é que dão ao recém-nascido um reconhecimento como ser vivo, pertencente a uma determinada sociedade, ou, ao defunto, a mudança de seu estatuto ontológico (de ser vivo a ser morto) e sua aceitação pela comunidade dos mortos. Outro exemplo é o da expulsão de umacomunidade: uma vez realizados os ritos, a pessoa expulsa não precisa sair da comunidade, pois todos os outros integrantes passarão a não vê-la, não ouvi-la, enfim, a agir como se ela não existisse ou não estivesse presente. Para a comunidade, terminado o ritual, a pessoa expulsa desapareceu simbolicamente, mesmo que continue de corpo presente. E essa exclusão social acaba, em geral levando à morte.
6.Funções do mito
7. Além de acomodar e tranqüilizar o ser humano diante de um mundo assustador, dando lhe a confiança de que, através de suas ações mágicas, o que acontece no mundo natural depende, em parte, dos seus atos, o mito também fixa modelos exemplares de todas as funções e atividades humanas.
8. O ritual é a repetição dos atos executados pelos deuses no início dos tempos e que devem serimitados e repetidos para que as forças do bem e do mal sejam mantidas sob controle. Deste modo, o ritual “atualiza”, isto é, torna atual o acontecimento sagrado que teve lugar no passado mítico
9.
10. O mito é uma primeira fala sobre o mundo, uma primeira atribuição de sentido ao mundo, sobre a qual a afetividade e a imaginação exercem grande papel, e cuja função principal não é explicar arealidade, mas acomodar o ser humano ao mundo.
11.
12. MÝTHOS: Mito, palavra proferida, discurso. mythéomai: dizer, conversar, contar. Heródoto emprega mýthos para referir-se a relatos confirmados por testemunhas. Platão e Aristóteles empregam mýthos para referir-se a narrativas ou relatos fabulosos, lenda. Pouco a pouco, mýthos passa a significar o lendário e irreal, mentira, relato não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Apostila de filosofia
  • Apostila Filosofia
  • Apostila de filosofia
  • Apostila de Filosofia
  • Apostila de Filosofia
  • APOSTILA DE FILOSOFIA
  • Filosofia Apostila
  • Apostila de filosofia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!