Filo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA - IDADE MÉDIA

A IGREJA MEDIEVAL

Objetivo: nesta lição será mostrado como se formou a igreja medieval e qual foi sua atuação na sociedade da época. Também veremos a criação da Santa Inquisição, porque foi criada e como foi sua atuação. Entenderemos quem foram os hereges que eram condenados pela igreja. Assim poderemos ver e entender o poder da igreja na época e com este mesmoera usado.

Pré-requisito: ter visto a lição anterior- o sistema feudal. pois já dá uma base de como era a sociedade da época.

A Igreja medieval

Como foi a organização??

Quando iniciaram os conflitos??!

Agora entraremos numa parte bem delicada da história medieval: o papel da igreja!

A igreja teve forte influência nos povos bárbaros. Devido a confusão causada pelas invasõesbárbaras e com a desestruturação no Império Romano, a igreja teve forças para manter e conservar sua identidade institucional. A igreja preservou elementos da cultura greco-romana, mas com um ponto de vista cristão e espalhando tudo isso entre os povos bárbaros.

Mas o papel da igreja não ficou só no campo religioso. Ela atuou em diversos setores da vida medieval. Servindo como peça de uniãosocial , diante da divisão política do feudalismo.

As raízes do cristianismo, como a palavra sugere, vem de Cristo, daí o nome cristianismo. Oficialmente suas raízes são na antiga Palestina, da época do alto império Romano.

ORGANIZAÇÃO DO CLERO

os sacerdotes da igreja tinham suas categorias:

Clero Secular - eram os sacerdotes que viviam fora dos mosteiros, divididos em padres,bispos e outros.

Clero Regular – já refere-se aos sacerdotes que viviam nos mosteiros e obedeciam as regras de sua ordem religiosa.

No topo da ordem eclesiástica estava o Papa, ou seja, o bispo de Roma. O 1º Papa da cristandade foi Leão I.

Desde 756, o Papa era o administrador político do Patrimônio de São Pedro, ou , o estado da igreja,tinha o poder de acumular riquezas através dedoações feitas pelos fiéis principalmente quando estas doações eram propriedades.

Provavelmente a igreja tinha controlado um terço das terras férteis da Europa Ocidental. Isto mostra o forte poder econômico da igreja para a época.

O poder da igreja levou o Papa a envolver-se em diversos conflitos políticos com monarquias medievais.

Como exemplo: a Questão das Investiduras, que ocorreu noséculo X, quando o imperador Oto I , do Sacro Império Romano Germânico, começou a querer controlar os assuntos da igreja.

Ele fundou bispados e abadias. Em troca da proteção que dava à igreja, controlava as ações do Papa.

As nomeações da parte do imperador eram por interesse pessoais e do governo. Isto abriu as portas para a corrupção entre os membros do clero.

No século XI houve ummovimento reformista : Ordem Religiosa de Cluny, com o objetivo de recuperar o poder da igreja. As medidas por ele adotadas foram:

Instituição do celibato e a proibição da investidura religiosa pelo imperador.

Claro que isso não agradou a todos, um rei que não gostou disso foi Henrique IV,imperador do Sacro Império. O resultado não foi agradável. Um foi excomungado e o outro foi deposto e maisatrito entre imperador e Papa. O problema só foi resolvido em 1122 pela Concordata de Worms: onde o Papa teria o poder da investidura espiritual dos bispos e o imperador a investidura temporal.

SANTA INQUISIÇÃO

Nos países denominados cristãos nem sempre as pessoas tinham um fé de acordo com as doutrinas da igreja. Essas crenças que eram diferentes da doutrina padrão da igreja eramchamadas de heresias.

Um exemplo foram os albigenses.

No século 12 no sul da França, os albigenses ou Cátaros, nome este originário da cidade de Albi, local com a maior concentração de seguidores. Tinham a sua própria classe clerical celibatária. Criam que Jesus falou em sentido figurado na sua última ceia , ao dizer:” isto é o meu corpo” ( Mateus capítulo 26, versículo 26), rejeitavam as...
tracking img