Files

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (456 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Para melhor compreensão do homem ao conhecimento de Deus na forma de Santo Tomás de Aquino é através dos Argumentos sobre a existência de Deus.
Uma das coisas fundamentais para que o homem tenhaconhecimento, são as cinco vias que são baseadas no Aristóteles, sendo eles, o argumento de movimento, a contingência, a causa da eficiência, a causa final, e o da perfeição.
A idéia do movimento, quedizer que existe uma série sucessivas de transformações, onde tudo está mudando, esse argumento se baseia que em algum momento algo tenha dado inicio a esse movimento, não é possível ele se movimentarse não tiver uma causa. Então a causa que iniciou todo o movimento seria Deus, sendo ele que determina essas transformações.
O argumento da contingência, parte da idéia de que os seres dependem de umoutro ser, para dar a sua origem, então se existe algo dependente, é preciso admitir que existe algo que não depende de nada.
Se o ser humano não tem razão de si mesmo, então é preciso acreditarque existe um ser auto-suficiente e necessário, que não depende de nenhum outro ser.
O argumento da causa eficiente explica que pra tudo tem uma razão de ser, para que elas existam. As inúmeras decausas que nos levam ao infinito. O homem precisa admitir que exista uma causa primeira de todas as causas, e que ela seja incausada, como por exemplo, um motor imóvel. Então a causa eficiente é aquelaque, existe algo que causou todos os movimentos.
A causa final é aquilo que atrai. Como também, tudo que está em movimento está em potencia, e ela tende está para o ato. O ato é a causa final dapotencia, onde a plena realização é o motivo ultimo, de porque algo entra em processo de movimento e transformação até a sua realização final.
Se o homem vê tudo se transformando, ele mesmo se perguntapara que, e para onde. Então ele precisa admitir que algo está atraindo e mobilizando todas as coisas, que no caso é Deus, e ele é um ato puro.
O argumento da perfeição nos induz a acreditar que se...
tracking img