Figuras de estilo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Figuras de Estilo
Figuras de estilo, figuras retóricas ou recursos estilísticos são estratégias, formas de expressão, que o escritor pode aplicar no texto para conseguir um efeito determinado na interpretação do leitor, e que tornam o texto característico.
Podem relacionar-se com aspectos semânticos, fonológicos ou sintáticos das palavras afetadas. É muito usada no dia-a-dia das pessoas, nascanções e também é um recurso literário.
 O tratado antigo mais conhecido é a Retórica de Aristóteles. A importância da comunicação oral nessa época era muito grande, pois os assuntos públicos eram tratados nos foros públicos. Mesmo nos nossos dias, os que têm a seu cargo as deliberações dos países e os diversos partidos políticos necessitam de estruturar convenientemente os seus discursos para queas suas mensagens sejam acolhidas pelos cidadãos.
      Significa isto que os artifícios e as técnicas discursivas não são exclusivas do texto literário, seja prosa ou poesia. Eles são indispensáveis na própria comunicação, pois é necessário cativar e persuadir para mover à acção.

 A classificação dos diversos recursos estilísticos não foi feita por ordem alfabética, mas sim por “classes”.Este procedimento é mais funcional e rentável, em termos de consulta e de memorização, pois permite compreender melhor o fundamento de cada recurso e, consequentemente, favorece a determinação quer do que de comum existe entre uma série de figuras de estilo, quer dos traços que as distinguem entre si.

Alegoria
Expressão que transmite um ou mais sentidos que o da simples compreensão ao literal,ou seja, a coisificação de um conceito abstrato
Exemplo: “Água mole em pedra dura, tanto bate que até fura.”
Aliteração
Repetição de sons consonânticos. Vibrante com predominância em “r”, sibilante com predominância em “s”.
Exemplo: “Fogem fluindo à fina-flor dos fenos”
Anacoluto
Interrupção na sequência lógica da oração deixando um termo solto, sem função sintática.
Exemplo: “Mulheres, comoviver sem elas?”
Anáfora
Repetição de palavras.
Exemplo: “Ela trabalha, ela estuda, ela é mãe, ela é pai, ela é tudo!”
Anástrofe
Inversão da ordem direta das palavras.
Exemplo: “Tirar Inês ao mundo determina.”
Animismo
Atribuição de vida a seres inanimados.
Exemplo: “Plácida, a planície adormece, lavrada ainda de restos de calor.”
Antonomásia
Substituição do nome próprio por umaqualidade ou uma característica que o distinga. É o mesmo que ter um apelido, uma alcunha ou um cognome.
Exemplo: Xuxa (Maria das Graças), O Gordo (Jô Soares)
Antítese
Aproximação de ideias, palavras ou expressões de sentidos opostos.
Exemplo: Os bobos e os espertos convivem no mesmo espaço.

Apóstrofe ou Invocação
Invocação ou interpelação do ouvinte, do leitor, de seres reias ou imaginários,presentes ou ausentes.
Exemplo: Mulher, venha aqui! Ó meu Deus! Mereço tanto sofrimento?
Assíndeto
Ausência da conjunção aditiva entre palavras da frase ou orações de um período. Essas aparecem justapostas ou separadas por vírgulas
Exemplo: “Nasci, cresci, morri.” (ao invés de “Nasci, cresci e morri.”)
Assonância
Repetição de sons vocálicos
Exemplo: “Sino de Belém, pelos que inda vêm! /Sino de Belém, bate bem-bem-bem. / Sino da Paixão, pelos que lá vão! / Sino da Paixão, bate bão-bão-bão.”
Catacrese
Metáfora tão usada que perdeu o seu valor de figura de estilo e tornou-se quotidiana, não representando mais um desvio. Isso ocorre pela inexistência das palavras mais apropriadas.
Exemplos: céu da boca; cabeça do prego; asa da xícara; dente de alho

Comparação
Aproximação de doiselementos, realçando as suas semelhanças. Conectivos comparativos são usados: como, feito, tal qual, que nem,…
Exemplo: “Aquela criança era delicada como uma flor.”
Elipse
Omissão de palavras que ficam subentendidas.
Exemplo: “Marta trabalhou durante vários dias e ele (trabalhou) durante horas.”
Enumeração
Apresentação sucessiva de vários elementos.
Exemplo: “Deu sinal a trompeta...
tracking img