Fichamento thomas kuhn

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3678 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
| Kuhn, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas/ Thomas S. Kuhn; tradução Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. São Paulo: Perspectiva: 2007 |
Introdução: Um papel para a históriap.19 | *O objetivo de Thomas Kunh em “A Estrutura das Revoluções Científicas” é esboçar um conceito de ciência bastante diverso que pode emergir dos registros históricos da própria atividade de pesquisa. |p.25 | “Os exemplos mais óbvios de revoluções científicas são aqueles episódios famosos do desenvolvimento científico que, no passado, foram frequentemente rotulados de revoluções |
1 - A Rota para aciência normalp. 29 | *No que chama de ensaio, Thomas Kuhn inicia sua obra definindo “ciência normal” como a “...pesquisa firmemente baseada em uma ou mais realizações científicas passadas. Essasrealizações são reconhecidas durante algum tempo por alguma comunidade científica específica como proporcionando os fundamentos para sua prática posterior.” |
p.30 | *Para exemplificar, o autor cita clássicos como os Principia e a Óptica de Newton, a Química de Lavoisier dentre outras obras que serviram para definir implicitamente os problemas e métodos legítimos de um campo de pesquisa paragerações posteriores de praticantes da ciência. *Kuhn refere-se a “paradigma” como um termo estreitamente relacionado com a “ciência normal”. Com o termo “paradigma”, sugere exemplos aceitos na prática da ciência – exemplos que incluem lei, teoria, aplicação e instrumentação. O estudo dos paradigmas, segundo Kuhn, “é o que prepara basicamente o estudante para ser membro de uma comunidade científicadeterminada na qual atuará mais tarde.”*O autor observa que “Homens cuja pesquisa está baseada em paradigmas compartilhados estão comprometidos com as mesmas regras e padrões para a prática científica” |
p.33 | *Para ilustrar, cita a história da pesquisa elétrica na primeira metade do sec XVIII, a qual proporciona um exemplo mais concreto e conhecido de como uma ciência se desenvolve antes deadquirir seu primeiro paradigma universalmente aceito. |
2. A natureza da ciência normalp. 43 | Destaco esta definição de paradigma que inicia o segundo capítulo: “No seu uso estabelecido, o paradigma é um modelo ou padrão aceito”. |
p.45 | Logo cito esta passagem onde Kuhn relaciona paradigma com a ciência normal: “A pesquisa científica normal está dirigida para a articulação daqueles fenômenose teorias já fornecidos pelo paradigma”. |
p.55 | Kuhn finaliza o capítulo sintetizando as três classes de problemas científicos: determinação do fato significativo; harmonização dos fatos com a teoria e articulação da teoria. |
3. A ciência normal como resolução de quebra-cabeçasp. 59 | “Resolver um problema da pesquisa normal é alcançar o antecipado de uma nova maneira. Isso requer aresolução de todo tipo de complexos quebra-cabeças instrumentais, conceituais e matemáticos.”“O desafio apresentado pelo quebra-cabeça constitui uma parte importante da motivação do cientista para o trabalho.” |
p.60 | “... uma comunidade científica ao adquirir um paradigma, adquiri igualmente um critério para a escolha de problemas que, enquanto o paradigma for aceito, podem ser considerados comodotados de uma solução possível.”“Um homem pode ser atraído pela ciência por todo tipo de razões. Entre essas, estão o desejo de ser útil, a excitação advinda da exploração de um novo território, a esperança de encontrar ordem e o impulso para testar o conhecimento estabelecido.” |
p.61 | “O empreendimento científico, no seu conjunto, revela sua utilidade de tempos em tempos, abre novos territórios,instaura ordem e testa crenças estabelecidas há muito tempo.” |
p.66 | “A existência de uma sólida rede de compromissos ou adesões – conceituais, teóricas, metodológicas e instrumentais é fonte principal da metáfora que relaciona ciência normal a resolução de quebra-cabeças.”“A ciência normal é uma atividade altamente determinada por regras, mas não precisa ser inteiramente determinada por...
tracking img