Eixo humanos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
* Trabalho de Psicologia - Eixo de Humanas
* 1º semestre
* Fisioterapia/noturno/Pompéia
* Thaisy Almeida Mariano RA: 241187
* Professora: Roseli Pereira Silva

* Exercício avaliativo processual parcial IIII

Trabalho de Psicologia - Eixo de Humanas
1º semestre
Fisioterapia/noturno/Pompéia

Exercícios avaliativos
Processual Parcial III

Resenha Crítica Capítulo 7do livro: Psicologia aplicada à enfermagem.
Capítulo 7: “Aspectos psicológicos da relação do enfermeiro com pacientes e familiares”

Resenha
Neste capítulo mostra mais da parte psicológica que é a assistência, de médicos/enfermeiros que tem que dar ao paciente, pois no procedimento há técnica a também sentimentos que se ambos não andarem em conjunto o processo de cura ou melhora não vai parafrente.
Na verdade, cuidar não é apenas aplicar o medicamento, e seguir o protocolo do procedimento, tem que haver afeto, cuidado, apreciação entre outros sentimentos. É realmente se preocupar com paciente conversar com que ele procurar suprir as necessidades do paciente explicando como serão realizado os procedimentos para o paciente e para os familiares.
Há um ciclo que todos os profissionaistem que passar para o desenvolvimento emocional relacionado ao paciente, e nisso está a atenção com o bem estar do paciente, cuidado, usar a técnica mais eficaz e menos dolorosa para o paciente.
É importante prestar atenção em alguns aspectos que fazem toda a diferença alguns tipos de exemplos abaixo:
* Fisiológico. Como por exemplo: fadiga, insônia, fraqueza, entre outros.
* Emocionais:Nervosismo, perda de controle, choro, etc.
* Cognitiva: hiperatenção, esquecimento, confusão e demais coisas que mostra um comportamento estranho do paciente, que são pequenos detalhes que pode mostrar a piora do quadro do paciente.

Por isso é importante à comunicação médico/enfermeiro com o paciente para a explicação dos procedimentos para deixar os familiares e o paciente ciente dosprocessos que serão realizados, tendo que haver reflexão, auto-expressão e confronto tudo isso com colocação de limites. Assim há um trabalho em equipe para o grande sucesso no processo melhora/ cura, pois não será apenas um processo concluído e um paciente recuperado e sim será uma vida salva.

Questões do Capitulo 7 :
* Como a atividade, sugere-se que o estudante de enfermagem ou o enfermeiroreduza suas expectativas em relação aos procedimentos técnicos e coloque parte dessas expectativas na observação do paciente e de seu familiar. Esse é um exercício para o desenvolvimento de uma boa relação paciente/familiar/enfermeiro. Na sua opinião, o que mais é imprescindível para um bom relacionamento?

R: Acredito-me, que para um bom relacionamento entre paciente, enfermeiro e familiar, éque todos os tipos de procedimentos venha ser explicado pelo médico/ enfermeiro, para o paciente e para o familiar. Visando a aceitação em ambas as partes para a realização do procedimento no paciente com sucesso. Dando-lhe segurança para a recuperação com sucesso.

* Coloque-se na posição de um paciente internado. Como você se sentiria se recebesse a notícia de que esta noite você precisariaser internado? Qual seria a sua primeira reação? Com quem você contaria para ajudá-lo física e psicologicamente?

R: Eu me sentiria espantada.
R: A minha primeira reação seria ligar para algum amigo para me dar um apoio psicológico.
R: Eu contaria com a minha tia para me dar um apoio físico e psicológico.

* Se você não estivesse doente e sim acompanhando um familiar, como seria? Qualseria a sua disponibilidade? Em que você estaria atento neste período?

R: Eu daria um apoio psicológico estaria com essa pessoa acompanhando, alertamente.
R: A minha disponibilidade seria quase que o dia todo já que não trabalho, mas estudo a noite.
R: Nas reações psicológicas e reações físicas.

* Qual é a sua escala de valores para considerar a internação como uma experiência positiva?...
tracking img