Fichamento do livro cultura: um conceito antropológico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4194 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Cultura | Um conceito antropológico | 2 |
Laraia, Roque de Barros - Cultura: um conceito antropológico, 14.ed. — Rio de Janeiro: Jorge"Zahar Ed., 2001 |

PRIMEIRA PARTE - Da natureza da cultura ou da natureza à cultura
Segundo Confúcio, a natureza dos homens é a mesma, soa os seus hábitos que os mantêm separados.
Desde a antiguidade, os homens se preocupavam com a diversidade demodos de comportamento existentes entre os diferentes povos.
Heródoto, historiador grego, agiu de maneira etnocêntrica ao considerar que o povo lício (uma sociedade matrilinear, diferente dos gregos que eram baseados na patrilinearidade) possuía costumes diferentes de “todas as outras nações do mundo”, contrariando o que ele mesmo tinha dito ao renegar esta postura etnocêntrica:
“Se oferecêssemosaos homens a escolha de todos os costumes do mundo, aquele que lhes parecessem melhor, eles examinariam a totalidade e acabariam preferindo os seus próprios costumes, tão convencidos estão de que estes são melhores do que todos os outros”.
Tácito, cidadão romano, também descreveu as tribos germânicas com este certo estranhamento cultural, ele ficou admirado ao descobrir que os homens desta tribopraticavam a monogamia, algo nada comum entre os povos bárbaros.
Montaigne descreveu a antropofagia Tupinambá imbuído de um sentido de relativismo cultural. Ele comparou o ritual antropofágico indígena com os castigos e torturas praticadas na Europa, alegando este rito ser menos bárbaro que os praticados no Velho Continente, pelos então chamados povos “civilizados”.
Existem ainda, algunspensadores que acreditavam no determinismo geográfico, diziam eles que os povos do Norte e do Sul possuíam características específicas que eram determinadas pelo Clima local.

DETERMINISMO BIOLÓGICO
“Os antropólogos estão totalmente convencidos de que as diferenças genéticas não são determinantes das diferenças culturais”.
“Qualquer criança humana normal pode ser educada em qualquer cultura, se forcolocada desde o início em situação conveniente de aprendizado”. (Felix Keesing)
Em 1950, antropólogos físicos e culturais, geneticistas, biólogos e outros especialistas, reunidos na Unesco, em Paris, redigiram uma declaração da qual pode-se destacar:
“Os dados científicos de que dispomos atualmente não confirmam a teoria segundo a qual as diferenças genéticas hereditárias constituiriam um fatorde importância primordial entre as causas das diferenças que se manifestam entre as culturas [...]. Os fatores que tiveram papel preponderante na evolução do homem são sua faculdade de aprender e sua plasticidade.”
A espécie humana se diferencia anatômica e fisiologicamente, contudo, não se pode dizer que as diferenças comportamentais sejam determinadas por esta diferença biológica, uma vez queem determinadas culturas, o homem desempenha tarefas que são genuinamente femininas em outras e vice-versa.
“O comportamento dos indivíduos depende de um aprendizado, de um processo que chamamos endoculturação. Um menino e uma menina agem diferentemente não em função de seus hormônios, mas em decorrência de uma educação diferenciada”.
DETERMINISMO GEOGRÁFICO
Explicações existentes desde aAntiguidade, tratam-se de teorias desenvolvidas principalmente por geógrafos no final do século XIX e no início do século XX e que acabaram ganhando grande popularidade.
“O determinismo geográfico considera que as diferenças do ambiente físico condicionam a diversidade cultural”.
Um exemplo importante deste tipo de pensamento pode ser encontrado no livro Civilization and Climate, de Huntington(1915), no qual se estabelece uma relação entre a latitude e os centros de civilização, considerando o clima como fator determinante para o progresso.
Foi somente a partir dos anos 20 que antropólogos como Boas, Wissler, entre outros, começaram a refutar o determinismo geográfico, alegando ser possível e comum existir uma grande diversidade cultural presente em um mesmo tipo de clima e ambiente...
tracking img