Fenomenologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7246 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento 1 “Do desabrigo a confiança” p 7- 14

Do desabrigo à confiança: daseinsanalysee terapia tem como propósito contribuir para fundamentação teórica da terapia daseinsanalítica. Este trabalho aprofunda o tema de Conversa sobre terapia.

Considero necessária esta fundamentação porque a Daseinsanalyse começa a se difundir entre psicólogos e estudantes de psicologia. Isso nos obriga aexplicitar suas bases
na fenomenologia no pensamento heideggeriano no intuito de preservar a seriedade do trabalho terapêutico e para que pratica não se estabeleça num vazio de- referências.

O importante aqui é mostrar a possibilidade de uma prática clínica fundamentada no pensamento de Heidegger; não só a possibilidade, mas a fertilidade desse pensamento quando o que se tem em vista é o cuidadoda existência.

Tentar falar da Daseinsanalyse fora desse pensar seria fugir dos seus fundamentos. Seria pretender tirar dela o que a caracteriza.

Ao mesmo tempo, quando tratamos da clínica, ali está um trabalho que diz respeito ao ôntico, ao concreto do que acontece na vida de uma determinada pessoa.

Por isso, a todo momento transitamos do ontológico para o ôntico e do ôntico para oontológico, tanto na linguagem como no trabalho terapêutico.

A fenomenologia não é apenas um modo diferente de olhar para a realidade. Ela se sustenta num pensamento filosófico para o qual é o próprio conceito da realidade que é outro, numa epistemologia que é outra. Quando a fenomenologia diz que olha para o fenômeno, isso é uma mera substituição da palavra fato pela palavra fenômeno; aqui oemprego da palavra fenômeno se baseia numa determinada compreensão do que é “ser”.

A concepção filosófica que dá base para a fenomenologia, que permite a legitimidade desse modo de olhar o real, não traz em si a exclusão da possibilidade e da necessidade das ciências
positivas. Essas continuam a ter seu lugar no mundo.

O interesse pelo modo fenomenológico de pensar nota-se especialmente noâmbito daquelas coisas que, de maneira direta e profunda, dizem respeito ao que é especificamente próprio do humano. Entre essas coisas se destaca o próprio fenômeno da existência humana.

Quando o fenômeno da existência é trazido como foco de uma reflexão fenomenológica, o que começa a se manifestar aí são as questões fundamentais da existência.

O fato de considerarmos fenomenologicamente aexistência permite que, ao olharmos pata ela, afastemos de nosso olhar as teorias psicológicas, a s concepções prévias que se acumularam
em cima desse fenômeno de que tratamos, o existir humano. Ao fazermos isso, o que aparece para ser visto e para ser falado é o essencial,é a existência mesma, nua e crua.

Em nosso caso ,como terapeutas daseinsanalistas, nosso olhar fenomenológico para a existênciaé iluminado por um referencial heideggereiano. A palavra (Da-sein), ser – ai, designa exatamente aquele ente para o qual “ser” é sempre questão; aquele ente que é o “ai” onde se “da” “ser”; aquele cujo modo de ser é ser sempre “ai”. Ai, onde? No “mundo”. Aquele cujo modo de ser é “existindo”. É a existência humana que nos referimos quando dizemos a palavra Dasein.

Esse é um modo de pensar para oqual a essência do homem não é ser racional, mas sim ser destinado ao 'cuidado' (Sorge). É uma filosofia para' a qual o homem permanece sempre devedor à existência, facticamente destinado a realizar sua existência no meio das possibilidades todas que se apresentam a ele e, ao mesmo tempo, limitado pelo não poder tudo e pela morte.

Para quem não sabe do que se trata, a fenomenologia e aDaseinsanalyse parecem ser apenas propostas “alternativas” as formas já consagradas, e alternativas naquele sentido de “vamos tentar uma coisa diferente” do tradicional, um jeito mais direto e mais simples de atender as pessoas que vem so em busca de resolver alguns desses problemas existências, ou seja, segundo essa opinião, aquelas questões que não necessitam ser muito pesquisadas, analisadas....
tracking img