Farmacologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2912 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA NERVOSO CENTRAL
* Fármacos que atual no sistema nervoso central incluem:
* Anestésicos gerais;
* Ansiolíticos;
* Analgésicos;
* Antipsicóticos;
* Antidepressivos;
* Anticonvulsivantes.
O sistema nervoso central funciona como processador de informações, mantendo a hemostasia de vários sistemas, regulando funções vegetativas e possibilitandoraciocínio lógico, julgamento e comunicação simbólica.
Recebe sinais detectados por receptores periféricos e conduzidos por vias aferentes sensitivas. Analisa, filtra, armazena e reelabora essas informações, programando reações motoras, comunicadas por nervos eferentes a órgãos executores. O sistema nervoso central é a parte do organismo de maior importância se levar em conta as complexas funçõesdesempenhadas por este sistema. Além da dificuldade de compreensão das funções desempenhadas pelo cérebro, temos uma grande dificuldade de identificação estrutural dentro deste órgão: é um órgão compacto com enormes variações e classificações anatômicas, o que exige do estudante uma enorme dedicação quanto à compreensão fisiológica, anatômica e farmacológica. Como as doenças envolvidas no sistemanervoso central são numerosas e muitas delas ainda não têm explicação fisiopatológica, sendo que as intervenções farmacológicas (terapêuticas) ainda constituem um enorme desafio para o profissional da área médica.
As drogas que atuam diretamente e indiretamente no sistema nervoso central têm como objetivos principais: aliviar a sensação de dor, reduzir a temperatura corporal (antitérmicos),suprimir distúrbios de movimento, alterar o apetite, estados de vigília, ansiedades e depressões dentre outras numerosas influências farmacológicas discutidas mais adiante.
De acordo com o modo de ação dos fármacos, as ações podem ser específicas ou inespecíficas. A ação de um fármaco é considerada específica quando resulta diretamente do seu mecanismo molecular, pois se presume que a ação primáriana célula alvo se deva à interação com receptores. Por outro lado, ação inespecífica é aquela que resulta primordialmente das propriedades físico-químicas do fármaco e apresenta diversos mecanismos moleculares em várias células alvos.
Os fármacos que apresentam ações gerais ou inespecíficas são classificados de acordo com efeitos comportamentais que produzem em depressores ou estimulantes geraisdo SNC, enquanto que os fármacos de ação especifica são classificadas de acordo com o uso terapêutico ou local da ação.

Divisão didática do sistema nervoso central.

NEUROTRANSMISSÃO
* Colinérgicos: Acetilcolina
* Monoaminas: Epinefrina, dopamina, histamina, norepinefrina e serotonina.
* Aminoácidos: ác. Glutâmico, ác. Aspártico, GABA, glicina e taurina.
* Neuropeptídeos:Angiotensina II, glucagônio, neurotensina, opióides endógenos, substância P, ACTH, MSH, VIP.
* Purinas: ATP, adenosina
* Substâncias gasosas: NO, CO
* Outras: Insulina, benzodiazepínicos.
A atuação de neurotransmissores reflete a grosso modo o estado emocional (sensações, pensamentos...), comportamental e de aprendizado e memória do indivíduo.
Os neurotransmissores são moléculas pequenasque na sua maioria são derivados de precursores de proteínas, eles são encontrados geralmente em vesículas pré-sinápticas neuronais. Os neurotransmissores são liberados na fenda sináptica e captados por terminais pós-sinápticos (por meio de receptores localizados na membrana pós- sináptica) quando da passagem do impulso nervoso de uma célula para outra, o que chamamos de transmissão sináptica. Deacordo com a propriedade funcional do neurotransmissor e do terminal pós-sináptico, os neurotransmissores são conhecidos por promoverem respostas excitatórias ou inibitórias entre neurônios que se comunicam por sinapses químicas.
Os neurônios apresentam características bioquímicas semelhantes às de outras células vivas, alem de atividades especificas. Como a de transmitir impulsos nervosos....
tracking img