Farmacologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1089 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Farmacologia

Analgésico e antiinflamatórios

Mauro Bitencourt

Receptores da dor

Receptores da dor

Nocicepção (sensação de sentir a dor – via receptor nociceptivo)

NOCICEPTORES: •Mecânicos; •Térmicos; •Químicos

• Exógenos (mecânicos, químicos, físicos, biológicos) • Endógenos (Inflamação, exposição de dentina, isquemia tecidual)

Mauro Bitencourt

Mauro BitencourtANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTERÓIDES
AINEs: cascata do ácido araquidônico Eicosanóides: Prostaglandinas (PGs) Tromboxanas Prostaciclina Leucotrienos
Mauro Bitencourt

ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTERÓIDES
Eicosanóides: Constituem uma classe de moduladores fisiológicos originados de ácidos graxos de membrana, destacadamente o ácido araquidônico (C20). As PGs são classificadas por letras maiúsculas: A, B, C,D, E, F, G, H e I.
Mauro Bitencourt

Papéis biológicos dos produtos da COX
COX-1 Constitutiva (funções fisiológicas) Citoproteção do TGI (PGE2): ↑ secreção de muco ↓ secreção de ácido gástrico Agregação de plaquetas (TxA2) e anti-agregação (PGI2) Dor e inflamação (PGE2, PGF2α, PGI2,, PGD2) Função renal (PGE2, PGI2, PGF2α) Contração uterina (PGF2α) COX-2 Induzida (após estímulos) Dor einflamação (PGE2, PGF2α, PGI2, PGD2)

COX-2 Constitutiva Função renal (PGE2, PGI2, PGF2α) Transmissão nervosa (PGE2, PGD2)

Efeitos fisiológicos de algumas PGs
• Contração endometrial (uso como abortivo) • Contração da musculatura lisa do TGI • Aumento da temperatura corpórea • Vasodilatador ou vasoconstritor, dependendo do tecido • Relaxamento ou contração da musculatura lisa de brônquios etraquéia

Efeitos fisiológicos de algumas PGs
• Inibição da secreção gástrica ácida • Efeito citoprotetor sobre a mucosa gástrica, induzindo secreção de muco alcalino e bicarbonato e aumentando o fluxo sanguíneo na mucosa gástrica • Indução de agregação plaquetária. Diversos receptores de PGs: Receptores acoplados à proteína G, modulando tanto adenilato ciclase quanto fosfolipase C.

MauroBitencourt

Mauro Bitencourt

ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTERÓIDES

ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTERÓIDES
•São fármacos usados para tratar os sinais e os sintomas da inflamação. •São ácidos orgânicos fracos de estrutura química variada. •Tem várias finalidades terapêuticas.

Mauro Bitencourt

Analgésico, antitérmico e antiinflamatórios(AINEs)
• Variedade de indicações clínicas - Antipiréticos Reduzem atemperatura corporal nos estados febris - Analgésico Alívio da dor leve a moderada (Dor de dente, etc.) • Ao contrário dos analgésicos opióides: Não causam depressão neurológica nem dependência - Antiinflamatórios Tratamento de lesão muscular, tendinite e bursite Variantes artríticas ( artrite gotosa)

Classificação farmacológica dos AINEs
DERIVADOS DO ÁCIDO CARBOXÍLICO Ácido salicílico eésteres
AAS Diflunisal

DERIVADOS DO ÁCIDO ENÓLICO Pirazolonas
Fenilbutazona

NÃO-ACÍDICOS Sulfonamidas
Celecoxibe Valdecoxibe

Oxicams
Piroxicam Meloxicam

Ácido acético
Ácido fenilacético

Metilssulfonas
Rofecoxibe Etoricoxibe

Diclofenaco Aceclofenaco
Ácido acético Carbo- e HeteroCíclico

Sulfonanilidas
Nimesulida

Indometacina Cetorolaco Sulindaco Tolmetin Etodolaco
Ácidopropiônico
Flurbiprofeno Cetoprofeno Ácido Tiaprofênico Ibuprofeno Naproxeno Fenoprofeno

Ácido fenâmico
Ácido mefenâmico

AINEs
As ciclooxigenases
COX-1 COX-2 • Enzima essencial constitutiva (condições fisiológicas) • Encontrada na maioria das células e tecidos (vasos sangüíneos, plaquetas, estômago e rins) • Produção de PGs para manutenção de funções fisiológicas: - Secreção do muco paraproteção da mucosa gástrica - Manutenção da função renal - Homeostasia

AINEs
As ciclooxigenases

• Formação induzida processo inflamatório e interleucinas IL1, IL2 e TNFα • Expressa por células envolvidas no processo inflamatório • Prostaglandinas que mediam inflamação, dor e febre

AINEs
• Ações antiinflamatória, analgésica e antipirética dos AINEs - Ação inibitória sobre a COX-2 •...
tracking img