Fanatismo religioso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3972 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O conceito de representação social na abordagem psicossocial
 Mary Jane P. Spink
Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Rua Monte Alegre 984, São Paulo, SP, 05014-001, Brasil
RESUMO:Partindo da definição de representação social como forma de conhecimento prático, este artigo procura situar a abordagem da Psicologia Social entreas demais correntes que se debruçam sobre a questão do conhecimento. Acatando a interdisciplinaridade intrínseca ao campo de estudos das representações sociais, são analisados tanto os aspectos comuns às diversas disciplinas como a contribuição específica da Psicologia Social. Na perspectiva transdisciplinar, as representações sociais emergem como um campo multidimensional que possibilitaquestionar, de um lado, a natureza do conhecimento e, de outro, a relação indivíduo-sociedade, inserindo este campo de estudos entre as correntes epistemológicas pós-modernas. A contribuição específica da Psicologia Social é analisada, num primeiro momento, do ponto de vista teórico, sendo enfatizada a vocação desta disciplina de trabalhar as representações simultaneamente como campos socialmenteestruturados e núcleos estruturantes da realidade social. Num segundo momento é destacada a contribuição metodológica que abre espaço para a utilização de metodologias qualitativas e, mais especificamente, para o uso do caso único.
INTRODUÇÃO:As representações sociais, segundo definição clássica apresentada por Jodelet (1985), são modalidades de conhecimento prático orientadas para a comunicação epara a compreensão do contexto social, material e ideativo em que vivemos. São, conseqüentemente, formas de conhecimento que se manifestam como elementos cognitivos — imagens, conceitos, categorias, teorias —, mas que não se reduzem jamais aos componentes cognitivos. Sendo socialmente elaboradas e compartilhadas, contribuem para a construção de uma realidade comum, que possibilita a comunicação.Deste modo, as representações são, essencialmente, fenômenos sociais que, mesmo acessados a partir do seu conteúdo cognitivo, têm de ser entendidos a partir do seu contexto de produção. Ou seja, a partir das funções simbólicas e ideológicas a que servem e das formas de comunicação onde circulam.
Sendo formas de conhecimento, as representações sociais constituem uma vertente teórica da PsicologiaSocial que faz contraponto com as demais correntes da Filosofia, da História, da Sociologia e da Psicologia Cognitiva que se debruçam sobre a questão do conhecimento. Situá-las na ótica da Psicologia Social implica, portanto, discutir tanto aquilo que é compartilhado pelas demais disciplinas — e que faz das representações sociais um campo transdisciplinar — quanto a contribuição específica daPsicologia Social.
 AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS ENQUANTO CONCEITO TRANSDISCIPLINAR
Pensando primeiramente na transversalidade das representações sociais, não há dúvida de que, estando situada na interface dos fenômenos individual e coletivo, esta noção tem, como aponta Jodelet (1989a), a vocação de interessar a todas as ciências humanas.
Numa tentativa de pontuar as diferenças, pensando maisespecificamente nas abordagens da Psicologia e da Antropologia, Sperber (1989) introduz a questão do nível de análise. As representações, segundo o autor, podem ser abordadas, enquanto eventos intra-individuais, como representações mentais, estudadas pela Psicologia Cognitiva e pela Psicanálise, onde o social é apenas uma sombra; como elementos centrais da comunicação, sendo então representaçõespúblicas, objeto de estudo da Psicologia Social; ou, ainda, como elementos coletivos, comunicados repetidamente e distribuídos igualmente numa determinada formação social, sendo então representações culturais, objeto de estudo da Antropologia. Usando metáforas médicas, Sperber avança no esforço comparativo, assemelhando a Antropologia à Epidemiologia: uma disciplina interessada na distribuição das...
tracking img