Familia e sociedade aps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ATPS- Família e Sociedade
Conhecendo a trajetória da família.
Escola de Tecnologia Anchieta

Serviço Social – Família e Sociedade
Participantes :

Prof. EAD: Ana Lúcia Américo Antonio
São Bernardo Do Campo – SP
Data: 17/04/2013

CONHECENDO UM POUCO SOBRE A TRAJETÓRIA DA FAMÍLIA.

A família com o passar dos séculos sofreu grandes mudanças desde o período medieval aos dias de hoje. Aprópria globalização alterou o conceito de família, abriu horizontes aos jovens de hoje possibilitou o contacto e
a informação com outras culturas, outras formas de viver a família, e deu a possibilidade de cada um por si só.
Onde antigamente o homem era total autoridade dentro do ambiente familiar as transformações modernas
possibilitou uma nova condição para as mulheres onde assumem toda aresponsabilidade dos cuidados com os

filhos, sendo a mãe chefe e o pai permanece uma figura distante. Após a segunda metade do século XX a
mulher passa a trabalhar fora para aumentar a renda familiar, mas aos pouco começa a ampliar seu campo de
trabalho e a participar de outras atividades.
Com a mudança no status da mulher , houve uma mudança brusca na dinâmica da família, com as mulheresestudando cada vez mais, mudando assim a responsabilidade da família que ate outra hora era dos homens, elas
passam a ser chefes de família.
Para compreendemos isso temos que voltar ao passado analisando as características de cada modelo de família
e suas principais mudanças.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA FAMÍLIA PERÍODO MEDIEVAL

SÉCULOS XVI E XVII - ARISTOCRÁTICA E CAMPONESA

Amulher

era considerada um mero instrumento, máquina de procriação.

Sociedade
A falta
 Não

medieval, profundamente dominada pela religiosidade e misticismo.

de higiene, de água tratada e de um sistema de esgoto.

existia o casamento civil como hoje, mas apenas um contrato entre as famílias dos noivos.

O casamento por amor, de verdade, só passou a existir na Europa por volta doséculo XVII.
 Não privilegiavam a intimidade – ( moradia)
Bebes criados por amas de leite e criados por criados.
A sexualidade era estimulada tanto a adultos quanto crianças.
SECULOS XIX – PROLETARIA E BURQUESA
Constitui-se no
Todos

os membros da família trabalhavam

Crianças
15 a

inicio da revolução industrial.

nas fabricas a partir dos 10 anos.

18 horas de jornada detrabalho.

Mantém

os laços comentários.

Crianças

convivendo com uma ampla rede de relacionamentos com adultos.

A

mulher, responsável pela casa e criação dos filhos , menos capaz e racional que o homem. Sua

função permitir o crescimento profissional do marido o sucesso do esposo seria seu sucesso.

MUDANÇAS NA
FAMILIAR.

FORMAÇÃO DA ESTRUTURA

A família moderna do séculoXVII desempenhava algumas funções. Principalmente, o pai que tinha três pontos principais: 1º aprender a controlar
a mulher 2º Bem educar os filhos e 3º Bem governar seus criados. Além dos deveres para com os servidores: Pão, trabalho e reprimendas. A
conjugação de uma sociabilidade tradicional e consciência nova da família seria encontrada apenas em famílias rurais ou urbanas, nobres ouplebeias, camponesas ou artesãs. Esse equilíbrio entre a família e a sociedade não iria resistir à evolução dos costumes e aos novos progressos da
intimidade.
A família moderna do século XVIII começou a manter a sociedade à distância ao contrario do que aconteceu no século XVII. A vivência
começou no espaço limitado, os cômodos agora são independentes. O conforto começa nessa época, junto com aintimidade, a descrição e o
isolamento, assim não havia mais camas em toda a parte da casa
MEDIEVAL
Família estendida

MODERNA
X

Família nuclear.

Criação dos filhos compartilhada X Exclusividade dos pais.
Reconhecimento da sexualidade X Não reconhecimento da sexualidade.
Família , afeto , sexualidade X Família e afeto desvinculado da sexualidade.
Multiplicidade de referencia...
tracking img