Falencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1383 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EXMO. SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE BELÉM-PA.

GRIMÁRIO DA SILVA JÚNIOR, brasileiro, casado, 52 anos de idade, filho de Gilmário da Silva e de Maria Auxiliadora Ramos da Silva, residente e domiciliado à Avenida Conselheiro Furtado, nº 1001, apto 803, Bairro Batista Campos, nesta cidade de Belém, Estado do Pará, através de seu procurador, o Complexo Jurídico Causas Ganhas,CNPJ 08.325.892/0001-71, localizado à Rua dos Mundurucus, nº 1770, Bairro Batista Campos, nesta cidade Belém-PA, conforme procuração anexa à inicial vem requerer:

DOS FATOS
O autor da presente inicial, nascido na pequena cidade de Bom Jardim/PE, aos 31 (trinta e um) dias do mês de maio de 1959, passou sua infância até os 12 (doze) anos de idade na mesma cidade em que nasceu, onde já seenunciava verdadeiro calvário que o requerente enfrentaria até os dias atuais.
Naquela época, ao ingressar no estudo primário, as dificuldades surgiram já durante a chamada na lista de frequência, já que os professores, seguindo escorreitamente a referida lista, pronunciavam em alto e bom som o nome do autor, causando grande constrangimento toda vez que a turma achincalhava o seu nome de batismo.
Talsituação, de maneira inequívoca ocorreu durante toda a sua vida estudantil, de tal sorte que e os mais variados apelidos foram criados para impor sofrimento ao Sr. Grimário da Silva Júnior. Como sofria muitas repugnações que o faziam sofrer em demasia, o requerente indagou aos seus pais a razão da escolha de seu nome, ficando abismado em saber que, na verdade, seu nome deveria ser GILMÁRIO DA SILVAJÚNIOR, acompanhando assim o nome de seu genitor. Porém, por este ser um cidadão do interior de Pernambuco, analfabeto e com sotaque bastante forte, houve um equívoco por parte do cartório na digitação do nome do autor desta inicial. Como o Sr. GRIMÁRIO ainda era muito jovem e não tinha conhecimento suficiente para recorrer à Justiça, permaneceu com seu nome de registro, e com isso, continuaram aschacotas.
Já na faculdade, o requerente imaginava estar livre das agrulhas que a grafia de seu nome lhe impunha durante toda a sua vida estudantil, ledo engano. No decorrer de sua vida acadêmica, Grimário continuava sendo o centro das atenções no que tangia “brincadeiras” e verdadeiras anarquias em virtude de seu nome, causando à ele uma enorme timidez e com isso o mesmo acabou se isolando daspessoas. Aos vinte e cinco anos de idade, o autor apresentou um conjunto de sintomas que o faziam sofrer muito: paralisia com contratura muscular, inibições e dificuldade de pensamento. Esses sintomas tiveram origem à época em que ele se preparava para sua formatura em medicina. O Sr. GRIMÁRIO procurou diversos médicos das mais variadas especialidades e não conseguia obter um diagnóstico exato quejustificasse tais sintomas que o impediam de ter uma vida normal.
Certo dia, um amigo de faculdade orientou o Sr. GRIMÁRIO a procurar um psicólogo e fazer uma análise para descobrir se as causas dos sintomas tinham origens psicológicas desencadeadas por traumas ou eventos marcantes em sua vida. No início, o autor entendeu como absurdo a sugestão do colega, porém, o tempo passava-se e os sintomasnão desapareceram. Esgotadas todas as possibilidades de busca de diagnósticos, GRIMÁRIO resolve procurar um especialista em psicologia e, para sua surpresa, foi diagnosticada uma doença chamada (xxxxxxx), vulgarmente conhecida como histeria. Em sessões de análises com profissionais extremamente capacitados, foi descoberta a origem da doença: o Sr. GRIMÁRIO se sentia tão constrangido com tantassátiras provocadas em razão de seu nome que acabou causando um imenso trauma psíquico. Começou então a fazer sessões de psicoterapia, aconselhamentos e orientações com profissionais voltados para seu problema. Sua doença não tem cura, porém o autor consegue fazer um controle da enfermidade com trabalhos em grupos, atividades físicas e medicamentos (laudos, perícias e receitas médicas seguem em...
tracking img