Etilismo e cirrose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 114 (28376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade da Beira Interior Faculdade de Ciências da Saúde

Alcoolismo e Cirrose Hepática
Dissertação para obtenção do grau de Mestre pela Universidade da Beira Interior

Lisa Isabel Baptista Gonçalves

Orientadora: Dr.ª Telma Mendes

Mestrado Integrado em Medicina Covilhã 2009

ALCOOLISMO E CIRROSE HEPÁTICA

“…. Qualquer leitura cuidadosa ou precipitada da literatura leva-nos auma conclusão : estamos com necessidade desesperada de novos pensamentos e novos acessos para este velho problema do homem…” E. Faber, Toronto, 1975

FACULDADE CIÊNCIAS DA SAÚDE - UBI - 2009

II

ALCOOLISMO E CIRROSE HEPÁTICA

 AGRADECIMENTOS
Gostaria de apresentar os meus mais sinceros agradecimentos a todas as pessoas que contribuíram para a realização deste trabalho, nomeadamente: Àminha orientadora desta tese, Dra. Telma Mendes, por toda a disponibilidade, apoio incansável, compreensão, orientação, disponibilidade e paciência demonstrados ao longo da realização deste trabalho. À Faculdade de Ciências da Saúde, na pessoa do Professor Doutor Miguel Castelo Branco e Professor Doutor João Queirós. Ao Dr. Rui Ramos, Dra. Patrícia Duarte e Dr. Mário Alexandrino pela ajudafornecida na pesquisa bibliográfica e orientação desta tese. Agradeço à Dra. Marciomira Silva (Unidade de Alcoologia do Fundão) fornecimento dos dados estatísticos. Agradeço às minhas amigas Inês, Mariana, Joana, Mafalda e Filipa pelo apoio, preocupação, compreensão e amizade demonstradas ao longo deste longo ano. Por fim, agradeço aos meus pais, Teresa e João, ao meu irmão João Pedro e à minha tiaEugénia, por todo o amor, apoio, carinho e compreensão que sempre me dispensaram. Obrigada por tudo! A todos o meu muito Obrigada!
FACULDADE CIÊNCIAS DA SAÚDE - UBI - 2009

pelo

III

ALCOOLISMO E CIRROSE HEPÁTICA

 RESUMO
Introdução: A despeito do desenvolvimento científico e tecnológico, ocorrido nas
últimas décadas e o facto de todo o conhecimento fisiopatológico da cirrose hepática teruma marcada influência global e empírica, o avanço na terapêutica tem sido lento, mantendo-se inúmeras áreas “cinzentas”. Concomitantemente, às elevadas taxas de mortalidade numa população demasiado jovem e activa e às taxas de morbilidade que levam a custos económico-sociais crescentes, faz com seja fundamental não só empenhar todo o esforço na uniformização do diagnóstico e tratamento precoces,mas sobretudo nas situações causais potencialmente preveníveis.

Material e Métodos: Foi efectuada uma recolha de dados retrospectivos dos casos
clínicos de Doença Hepática Alcoólica (número de doentes, idade, sexo, destino e diagnóstico) do ano de 2008 e um estudo comparativo com os mesmos dados de anos anteriores, 2004 - 2008, fornecidos pela Unidade de Alcoologia do Fundão, e posteriortratamento desses mesmos dados, de forma descritiva. Posteriormente, foi efectuada uma busca activa de revisões sistemáticas, meta-análises, estudos controlados e aleatorizados e estudos de Coorte sobre o tema.

FACULDADE CIÊNCIAS DA SAÚDE - UBI - 2009

IV

ALCOOLISMO E CIRROSE HEPÁTICA

Resultados: De acordo com a análise descritiva dos dados estatísticos retrospectivos
da Unidade deAlcoologia do Fundão, a maioria dos seus doentes no ano de 2008, foi do sexo masculino. O padrão etário prevalente foi entre os [41- 50] anos, seguindo-se a faixa etária dos [51-60] anos. O sexo masculino foi sempre o mais representativo, tendo havido um decréscimo gradual no número de óbitos ao longo dos 5 anos e no número de mulheres que recorreu à Unidade. O diagnóstico predominante foi o Síndrome deDependência Alcoólica, seguido da Esteatose Hepática e por fim de Cirrose. No sexo feminino apenas foi diagnosticado o Síndrome de Dependência Alcoólica.

Discussão: De acordo com os conhecimentos actuais vigentes na comunidade
científica, considero em termos gerais, que no estudo efectuado através dos dados estatísticos teoricamente representativos deste concelho, houve concordância na...
tracking img