Etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÉTICA PROFISSIONAL E SIGILO Darlindo Ferreira1

Apresentação A possibilidade de abrir espaços para trocas com colegas parece-nos sempre ser uma atitude louvável ao mesmo tempo que prazeirosa. Desde já gostaria de agradecer ao convite para esta oportunidade2 de poder trazer alguns elementos que nos ajude a fazer juntos algumas relações existentes entre Ética Profissional e Sigilo. Quando mecoloquei a refletir algumas coisas sobre este tema comecei a me dar conta de que na contemporaneidade somos expostos a inúmeras fontes de informações, isto a princípio tornaria difícil a questão do sigilo frente a algo. Mas logo percebi que não era desta perspectiva de sigilo que poderia me reportar com relação ao fazer psicológico. Então, fui assaltado por perguntas como: afinal, o que é sigilo? Paraque serve no âmbito dos saberes psicológicos? A quem se destina? Permiti-me seguir com as inquietações e me veio a idéia de que o sigilo parece estar ligado a duas outras coisas também importantes: o silêncio e o cuidado. Baumam (1998) em seu texto “Mal-estar da Pósmodernidade” aponta-nos no sentido de indicar que nos conduzimos como turistas e vagabundos num mundo caótico. Se isso faz sentido,que relação parece haver entre sigilo, silêncio e cuidado? O fio de Ariadne que liga estas questões na dimensão profissional parece ser a o lugar que ocupa a técnica e a ética frente aos desafios da práxis. Assim, propomo-nos como objetivo geral desta comunicação transitar entre os conceitos de sigilo e ética profissional a partir de uma visão fenomenológica existencial. Procuraremos também maisespecificamente enfocar o lugar da técnica frente aos desafios éticos no sigilo profissional. Faz-se necessário ressaltar que nossa idéia não tem como pressuposto encontrar respostas “verdadeiras” sobre o sigilo e a ética profissional, mas tão somente sinalizar articulações, pontos de encontros e desencontros para que com isso possamos nos colocar de maneira mais perspectivista com relação aoscenários desafiadores do nosso cotidiano profissional.

1 2

Professor Assistente do Departamento de Psicologia UFAM. Texto apresentado na ULBRA/Manaus 2003.

1

Primeiramente iremos fazer o percurso com as questões que nos levam do sigilo ao silêncio; em seguida, continuaremos refletindo sobre o silêncio e o cuidado; Por fim, tentaremos no situar na dimensão do cuidado silencioso do sigilo. Dosigilo ao silêncio A palavra sigilo está relacionada à idéia de segredo, ou ainda, com algo que precisa ser guardado frente a uma verdade. No âmbito da psicologia o sigilo toma lugar fundamental na constituição do vínculo interpessoal entre o psicólogo e o outro que com demanda seus serviços. Assim definido o sigilo pode ser compreendido a partir da esfera das técnicas usadas para estabelecervínculos de confiança que são norteadores para um desvelar de outras possibilidades não apenas na psicologia clínica mas em todos as práticas psicológicas. Contudo, gostaria de apresentar o sigilo não como um imperativo técnico ou moral na relação que mantemos com o outro mas sim como uma dimensão ética fundante da própria relação. Manter sigilo é calarse, ou seja, silenciar frente a algo que seencontra posto. Mas porque não nos reduzirmos na questão do sigilo como técnica? Fundamentalmente por não podermos mais perpetuar na contemporaneidade uma idéia de técnica como uma instrumentalização da teoria. A palavra técnica vem do grego techné, que originalmente significa arte, habilidade, artesanato (Webster, 1974). Na modernidade a técnica assume um lugar que designa a forma primaz deintervenção sobre o real, apoiada numa racionalidade instrumental. Heidegger (1989) em seu texto “A Época das Concepções do Mundo” afirma que a técnica é a forma privilegiada, um fenômeno essencial da mecanização das relações e desenraizamento do homem em seu horizonte de significações. A partir deste contexto, podemos entender que o sigilo parece indicar antes de um uso técnico, uma ação que se...
tracking img