Etica e moral rh

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1332 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UMC
UNIVERSIDADE MAGI DAS CRUZES

RESENHA CRITICA

O CONTADOR DE HISTORIA

DISCIPLINA: MÉTODOS TECNICAS DE PESQUISA
GRADUAÇÃO: GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

Identificação
O Contador de Historia, filme de LUIZ VILLAÇA é baseado na historia de vida de ROBERTO CARLOS RAMOS. Um menino que viveu dês do 6 aos 13 anos longe da família, internado em uma FEBEM.
Sem estudos, se sentindorejeitado pela família, usou drogas, teve 132 fugas registradas, foi considerado por psicólogos e professores um caso pedido sem recuperação.
Na FEBEM teve a oportunidade de conhecer MARGUERIT DUVAS, uma francesa que o adotou, e muito confiante sem acreditar que esse menino era um caso perdido, ela o ensinou a ler, escreves e a falar francês, ele uma criança ríspida e sem afeto nenhum pelas pessoas,ela o tratou com muito carinho e mostrou para ele o verdadeiro sentimento de afeto, e após receber tanto carinho de Marguerit aprendeu a retribuir da mesma forma.
Marguerit levou Roberto para frança, la ele aprendeu a arte de contar historias. Voltando ao Brasil, seguiu o exemplo da Francesa que o criou se formou em pedagogia e passou a dar aulas na FEBEM em que foi internado. E também se tornou umdos maiores contadores de história.


O CONTADOR DE HISTORIA

O filme relata a historia de um menino de uma família muito pobre, casula de nove irmãos, sua mãe após ver uma propaganda do governo na televisão, que a FEBEM era uma oportunidade única das crianças ter um estudo, se tornar alguém importante e bem sucedido. Sua mãe acreditou e o levou para essa entidade recémcriada pelo governo, acreditando que era o melhor para seu filho, o entregou nas mãos da diretora da entidade, nem pode se despedir passou para Roberto a sensação de abandono.
Roberto na FEBEM aprendeu de tudo, menos a ler e escrever que era o básico, Roberto aos poucos se entrega as drogas e a marginalidade, com apenas 13 anos de idade teve 132 fugas registrada, foi considerado um caso perdido pelaa diretora da FEBEM, sentado em um banco de cabeça baixa triste após ter sido resgatado em um de suas fugas,teve a oportunidade de conhecer a pedagoga e pesquisadora Marguerit, ela aproximou sentou-se ao lado de Roberto para conversa, ele achou estranha sua aproximação, tão educada e cheia de perguntas, e gravando tudo, ele sem responde nada, a francesa muito insistente chamou a atenção dele comseu gravador ele muito curioso com aquele aparelho que guardava e repetiu varias vezo que ali estava gravado, decidiu falar, mas conta uma historia falsa de como chegou ali, ela sem acreditar, mas o escutou com muita atenção.
Marguerit pedagoga e pesquisadora, foi ao Brasil para pesquisar sobre a FEBEM, e Roberto era uma oportunidade que ela tinha de conhecer melhor aquele lugar, mas naquelamesma noite Roberto fugiu da FEBEM.
E a pesquisadora se negou acreditar que Roberto era um caso perdido, decidiu a procurar por ele nas ruas, até que o achou, com muita insistência o convenceu de ir ate sua casa, só que Roberto tinha outra intenção rouba La, chegando la ela o alimentou, tentou conversa com ele, mas Roberto sempre ríspido, falando muito palavrão testando a paciência da francesa, ateque ele a roubou e sai correndo. Nas ruas roberto andava com pessoas erradas que influenciava,a usar drogas e roubar,ele não satisfeito com aquela situação queria mais poder, resolveu tenta entrar uma gangue, mas não foi uma tentativa bem sucedida Roberto levou uma surra, muito machucado, buscou abrigo na casa da francesa, ficou por vários dias trancado no banheiro, com medo de sai e serentrega para a FEBEM, quando decidiu sai do banheiro se surpreendeu com a atitude da francesa que o convidou para tomar café, foi a oportunidade que ela achou para saber um pouco mais sobre o garoto.
A pesquisadora sem perde tempo começou a questionar Roberto, ele sem responder, Marguerit usou um outro método de comunicação, fala dela mesma, contou o propósito de sua vinda ao Brasil,que era...
tracking img