Etica pastoral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1334 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
|A ética na formação pastoral |
| |
|A batalha pelo ser humano, nesta era pós cristã, dar-se-á no campo da ética.Não só porque o que está em pauta é a questão das finalidades, mas, também, |
|porque é único campo onde as forças pró ser humano podem travá-la. A globalização já decidiu o rumo da vida humana nos campos econômicos e sociais, a |
|sociedade já está estruturada de modo irreversível, independente das forças que assumam o poder nas nações, pois, o que está em curso é supra-nacional.|
|Resta, portanto, o campo da ética. |
|Julio Santa Ana, in Tempo e Presença, n# 295 em seu artigo "Ética, cinco anos depois...",nos dá um quadro sobre a questão ética nos relacionamentos |
|internacionais: 1- o crescimento da economia mundial e odesenvolvimento tecnológico já permitiria a diminuição da carga horária para os trabalhadores, |
|permitindo mehor desfrute do progresso, os empresários, entretanto, optaram pela despensa de funcionários e, mais que isso, pela exclusão do mercado de toda |
|uma massa de trabalhadores ; 2- no plano geopolítico, os Estados Unidos da América, dada sua inquestionável superioridade bélica, tornaram-se oxerife do |
|mundo: estão em condições de intervir em qualquer conflito mundial, garantindo, assim, um clima de paz, porém, só o fazem de acordo com os seus interesses |
|particulares; 3- a cultura que está sendo disseminada é a mass media, a cultura da classe dominante mundial - sobreviverá o movimento cultural que se |
|adaptar, que se inserir.|
|Regis de Morais, in Tempo e Presença, n# 295 no escrito "Retomar a ética à luz de nosso tempo", reitera que a batalha a ser travada é ética: "a proscrita de |
|grande parte do século XX - a ética - voltou agindo discretamente. Discreta, mas eficientemente." diz ele. Insiste que esse é o caminho daesperança: |
|"Nenhuma hora é hora de desistir. Sempre repito que nós podemos ter tentado muitas alternativas, mas, com certeza não tentamos todas." Descreve, em relação |
|ao Brasil, um quadro positivo, que passa pela deposição de um presidente da república, pelo fortalecimento sindical, pela indignação frente ao desmando |
|político, pela reação frente a absurdos como as chacinas eatos estúpidos como o assassinato de Galdino: o índio patachó. Declara que essa batalha tem uma |
|nova e decisiva frente: a questão das drogas. Por quê declara que tudo isso é questão ética? Porque ética - ethos, em grego - designa a morada do homem, não |
|é algo pronto, porém, é a busca de construir um abrigo permanente onde o homem se realize plenamente - ambiente que faça jus ao termohumano. Esta batalha |
|encerra a busca de soluções estruturais e de conversões pessoais. |
|Luiz Alberto Gómez de Souza, in Tempo e Presença, n# 295 em "O legado de Betinho: a ética na política" chama-nos a atenção para o grande soldado pela ética |
|surgido em solo pátrio, Betinho, mostrando como a opçãodeste pela sociedade, num projeto suprapartidário despertou a nação para a consciência da |
|possibilidade de construir uma sociedade iqualitária, participativa, livre, diversa e solidária a partir da adoção de uma ética que estabelece o sentido do |
|público como a busca do bem de todos e subordina o direito de alguns aos direitos da maioria. Deixou claro que esse é um caminho...
tracking img