Estudo de caso - psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (258 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Esse estudo trata do acompanhamento psicológico de um adolescente de 14 anos, com o diagnóstico de miastenia gravis, doença neuromuscular autoimune, cujo sintoma principal é fraquezamuscular e fadiga anormalmente rápida dos músculos voluntários. Mesmo sendo raramente fatal, se não devidamente tratada, pode ameaçar a vida quando atinge os músculos da deglutição erespiração.
O adolescente permaneceu interno na Pediatria do Hospital Universitário Lauro Wanderley durante dez meses, a maior parte sem acompanhante. Durante este período, vivenciousituações muito dolorosas e desgastantes como exames, procedimentos médicos invasivos, cirurgia complexa, períodos de internação na UTI, paradas respiratórias, dentre outros. Buscou-se,então, oferecer o apoio psicológico para a emergência das suas estratégias de enfrentamento durante a hospitalização, favorecendo a adoção de uma postura mais ativa diante da doença, pormeio do recurso lúdico, considerado um importante instrumento de intervenção terapêutica e de promoção da resiliência.
Como resultado das intervenções junto ao adolescente,percebeu-se um melhor enfrentamento da situação de hospitalização e adesão ao tratamento que se evidenciaram numa maior conscientização da importância da medicação e demais terapêuticasnecessárias a sua recuperação, favorecendo uma maior comunicação com a equipe de saúde. Além disso, verificou-se diminuição do estresse hospitalar e desenvolvimento da resiliência, enquantocapacidade de enfrentamento de situações adversas e uma maior expressão dos sentimentos, favorecendo o alívio das tensões emocionais e resolução dos conflitos vivenciados. Observou-setambém o melhor enfrentamento da cirurgia através da preparação pré, peri e pós-cirúrgica que favoreceu a redução do medo e ansiedade diante deste momento de vulnerabilidade e risco.
tracking img