Estudante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1561 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Adam Smith foi um importante filósofo e economista escocês do século XVIII. Nasceu na cidade escocesa de Kirkcaldy, em 5 de junho de 1723, e faleceu em Edimburgo no dia 17 de julho de 1790, e pôde vivenciar as transformações pelas quais a Europa passou durante o século XVIII.
O fato de estar próximo dessas transformações possibilitou ao autor a realização de uma análise profunda das mesmas,análise esta que culminou na publicação de A Riqueza das Nações. Dentre as mudanças vividas pela Europa no século XVIII, a mais significativa foi o desenvolvimento industrial, ocorrido na Inglaterra a partir da segunda metade do século em questão. Na verdade, esse desenvolvimento industrial teve suas origens entre os séculos XV e XVI, quando surgiram os primeiros inventos nas pequenas oficinasartesãs, e começavam as alterações sociais propiciadas pela acumulação primitiva, analisada por Karl Marx, em sua obra O Capital (1984). Entretanto, na segunda metade do século XVIII, esse desenvolvimento tecnológico atingiria seu auge, com a Revolução Industrial.

É o pai da economia moderna, e é considerado o mais importante teórico do liberalismo econômico[->0]. Autor de "Uma investigação sobre anatureza e a causa da riqueza das nações[->1]", a sua obra mais conhecida, e que continua sendo usada como referência para gerações de economistas, na qual procurou demonstrar que a riqueza das nações resultava da atuação de indivíduos que, movidos inclusive (e não apenas exclusivamente)[2] pelo seu próprio interesse (self-interest), promoviam o crescimento econômico e a inovação tecnológica.Teoria
Em plena época do Iluminismo, Adam Smith tornou-se um dos principais teóricos do liberalismo econômico. Sua principal teoria baseava-se na ideia de que deveria haver total liberdade econômica para que a iniciativa privada pudesse se desenvolver, sem a intervenção do Estado. A livre concorrência entre os empresários regularia o mercado, provocando a queda de preços e as inovaçõestecnológicas necessárias para melhorar a qualidade dos produtos e aumentar o ritmo de produção.

As ideias de Adam Smith tiveram uma grande influência na burguesia européia do século XVIII, pois atacavam a política econômica mercantilista promovida pelos reis absolutistas, além de contestar o regime de direitos feudais que ainda persistia em muitas regiões rurais da Europa.
A teoria de Adam Smith foi defundamental importância para o desenvolvimento do capitalismo nos séculos XIX e XX.

A Riqueza das Nações
Sua principal obra foi A Riqueza das Nações escrita em 1776. Nesta obra Adam Smith buscou diferenciar a economia política da ciência política, a ética e a jurisprudência. Fez também duras críticas a política mercantilista e sua intervenção irrestrita na economia. Porém, a teoriaprincipal defendida por Adam Smith nesta obra é a de que o desenvolvimento e o bem estar de uma nação advém do crescimento econômico e da divisão do trabalho. Esta última, garante a redução dos custos de produção e a queda dos preços das mercadorias. Defende também a livre concorrência econômica e a acumulação de capital como fonte para o desenvolvimento econômico.

A Riqueza das Nações, por AdamSmith, é uma reflexão sobre todas essas e muitas outras perguntas que, até hoje, ecoam nas mentes dos economistas e ministros da economia do mundo inteiro
A Riqueza das Nações foi muito influente, uma vez que foi uma grande contribuição para o estudo da economia e para a tornar uma disciplina independente. Este livro tornar-se-ia uma das obras mais influentes no mundo ocidental.
Quando o livro,que se tornaria um estudo contra o mercantilismo[->2], foi publicado em 1776[->3], havia um sentimento forte contra o livre comércio, quer no Reino Unido como também nos Estados Unidos. Esse novo sentimento teria nascido das dificuldades econômicas e as privações causadas pela guerra. No entanto, ao tempo da publicação nem toda a gente estava convencida das vantagens do livre comércio: o...
tracking img