Estampagem corte e dobra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
63

5. ESTAMPAGEM

A estampagem é o processo de fabricação, em geral a frio, no qual a ferramenta de estampo (matrizes, punções e/ou outros dispositivos) em conjunto com um maquinário (prensas, dobradeiras/viradeiras, puncionadeiras, guilhotinas, etc.) produz peças de diversas formas e aplicabilidades a partir de chapas metálicas, de espessura praticamente uniforme. A evolução deste processoacompanhou a evolução humana ao longo dos séculos, sendo fortemente impulsionado no século XX devido ao crescimento da indústria automobilística. Em geral, este processo é adequado quando se deseja produção seriada de peças e/ou um volume considerável de produção, já que possibilita baixo custo por unidade fabricada. Mas também pode ser aplicado à lotes pequenos usando para isto puncionadeiras.Por isso, as peças estampadas ganharam mercado em várias áreas e setores da economia, como: eletrodomésticos, cutelaria (talheres), embalagens, indústria automotiva, aeronáutica, naval e bélica, etc. Nas Fig. 5.1 e 5.2 são apresentados alguns produtos obtidos por estampagem.

Fig. 5.1 – Produtos estampados diversos.

Fig. 5.2 – Processo de estampagem de uma peça automotiva. O processo deestampagem pode ser classificado conforme sua finalidade e ferramental utilizado, sendo: estampagem de corte (ou cisalhamento), estampagem de dobra (ou dobramento), estampagem de repuxo (ou embutimento). Existem ainda outros processos especiais de estampagem, como: processo Guering, estampagem incremental, calandragem, etc.

64

5.1 ESTAMPAGEM DE CORTE (OU CISALHAMENTO)

A estampagem de corte,como o próprio nome sugere, tem como objetivo cortar a matéria-prima ou parte desta visando obter o produto final. Para ser possível este processo são necessárias três etapas típicas, representadas na Fig. 5.3 e descritas a seguir.

1) Esmagamento

2) Cisalhamento

3) Ruptura

Fig. 5.3 – Etapas do processo de estampagem por cisalhamento. Etapa 1) Esmagamento (compressão): antes de furar, opunção encosta na chapa que está apoiada na matriz e “esmaga” o material, forçando-o a sair pelo furo da matriz. Etapa 2) Cisalhamento (corte): ao prosseguir com o movimento de descida do punção, após o esmagamento a peça é cisalhada tanto no furo na parte do punção, como no retalho do lado que começa a passar pela matriz. Etapa 3) Ruptura: por não haver possibilidade de cisalhar até o final emestampos comuns, depois de um determinado ponto a chapa sofre o fenômeno de ruptura, sendo removida do processo na forma de retalho ou da própria peça. Na Fig. 5.4 é ilustrado um ferramental típico de estampagem por corte, ressaltando seus principais componentes e a peça obtida através de processo progressivo.

Fig. 5.4 – Ilustração de uma matriz de corte progressivo.

65

Basicamente asferramentas de corte possuem: bases, colunas, buchas guias, matriz superior e inferior, guias, punções (ou facas), extratores, placa porta-punção, sensores de segurança, molas, etc. Logicamente, que a quantidade de peças e a complexidade do ferramental dependerá da geometria da peça a ser fabricada, da quantidade de peças fabricadas em cada curso da prensa e da força requerida ao processo. Assim, e emmuitos casos se adotam matrizes progressivas – ilustradas na Fig. 5.5, visando diminuir a força necessária ao processo e o custo do ferramental, almejando, portanto, uma relação custo versus benefício mais favorável.

Fig. 5.5 – Ilustração do processo progressivo de estampagem. Nas Fig. 5.6 e 5.7 são apresentadas matrizes complexas e outros equipamentos utilizados para realizar a estampagem porcisalhamento do material, como: guilhotinas, puncionadeiras e prensas diversas (excêntricas, hidráulicas, etc.) já plenamente discutidas em capítulos anteriores.
a) b)

Fig. 5.6 – a) Puncionadeira hidráulica. b) Guilhotina hidráulica.

66

Fig. 5.7 – Matrizes utilizadas para estampagem por cisalhamento. As puncionadeiras são excelentes opções às prensas quando há diversidade de produção,...
tracking img