Espermograma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (579 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto




Faculdade Maurício de Nassau - Fortaleza
Biomedicina – 4º semestre- manhã

ESPERMOGRAMA





RELATÓRIO DA AULA PRÁTICA




Karla DiasProfessora : Ana Lucia





Novembro - 2013
Fortaleza – CE


Espermograma


1. INTRODUÇÃO;
O espermograma possibilita a obtenção de dados relativos àqualidade e quantidade dos espermatozóides. É um conjunto de exames que são básicos para a avaliação inicial da esterilidade, avalia também varicocele, e controle pós-vasectomia e tratamento.O sêmen normal é uma mistura de espermatozóides e secreções provenientes dos testículos e epidídimos, os quais são misturados durante a ejaculação com secreções oriundas da próstata, vesículasseminais e glândulas bulbouretrais. A composição final é um líquido viscoso que forma o ejaculado.
Na coleta o ideal é que seja no laboratório, estando em abstinência sexual de 3 a 5 dias. A amostra deveser obtida através da masturbação e ejaculada dentro de um recipiente de boca largo sendo vidro ou plástico, evitando perda de material, principalmente o 1º jato que contem maior a maior concentraçãode espermatozóides.

2. OBJETIVO;
Conhecer os procedimentos e analisar os aspectos físicos e químicos do estudo, manusear vidrarias e equipamentos de uso para realizar o examecorretamente.

3. MATERIAL UTILIZADO;
- Lâminas.
- Lamínulas.
- Tubos de Ensaio (5 ml)
- Estante.
- Ponteiras (200ul).
- Pipeta de 1000cul graduada.
- Proveta graduada.
- Tubo cônico de plástico.
-Câmara de Neubauer.
- Papel Toalha.


Reagentes e Soluções;

- May Grunward- giemsa.
- Eosina (0,5%).
- Formol Tamponado.
- Cloreto de sódio (0,9%).
- Água destilada.
- Soro fisiológico.
-Amostra de sêmen.

4. METODOLOGIA;

Motilidade espermática:

- Colocar 10 ul de sêmen e 90 ul de soro fisiológico em um tubo de ensaio;

- Homogeneizar;

- Pré-aquecer a lâmina;

-...
tracking img