Escola dominical, formas e curriculo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O PROFESSOR E A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA EBD

CURRÍCULO E FORMAS DE ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO CRISTÃ NA EBD
(Fonte: Walberto Magalhães Sales)

“Se nosso desejo é educar uma pessoa na virtude, temos de poli-la desde tenra idade. E se alguém deseja avançar em direção à sabedoria, tem de estar aberto a essa meta desde seus primeiros anos de vida, quando sua qualidadeindustrial ainda está ardendo em atividade, a mente é maleável e a memória é forte”.

Comenius (1592-1670)


O fato de saber que o ensino bíblico, a educação cristã, é indispensável para o crescimento da Igreja, já nos diferencia dos neo-pentecostais que buscam uma falsa espiritualidade marcada a penas peloemocionalismo. Contudo a maioria das Igrejas locais e congregações experimentam hoje um crescimento desequilibrado, o crescimento qualitativo não consegue acompanhar o crescimento quantitativo. O que coloca em xeque ao afirmar que a Igreja está crescendo. É verdade que muitos atos e práticas reprováveis dos congregados ou da própria congregação, se explicam facilmente na Palavra de Cristo: “Errais por nãoconhecer as Escrituras...”. Também é verdade que muito se tem proposto com respeito ao ensino bíblico, mas, que tipo de ensino? Através de que método? Alcançando quais resultados?


Não podemos mais continuar culpando os alunos que não “aprendem nada” ou justificando a nossa preguiça de planejar dizendo que “o resto é com o Espírito”. Pensando mais seriamente, vejamos: se ensino e osmeus alunos não aprendem, não houve ensino, pois não pode haver ensino sem aprendizagem, conseqüentemente se ensino o meu aluno a ser discípulo de Cristo e ele não aprende, eu não fiz um discípulo para Cristo e conseqüentemente não cumpri o mandamento “fazei discípulo...” e neste caso, surge o questionamento mais importante para a nossa reflexão: porque “ensino” muito com pouco ou nenhum resultado?Tentaremos responder este questionamento nos itens a seguir considerando a estrutura, o currículo e as formas de organização e suas implicações para o bom desempenho do magistério cristão.




1. ORGANIZAÇÃO E FORMAS


1.1 Razões para a organização


□ Deus é um ser organizado: planejou a criação; a nossa redenção; a ordem das tribos; o tabernáculo; os ministérios para aIgreja, etc. E Dele somos filhos e herdeiros.

□ A Igreja é uma organização e um organismo. Como instituição a igreja local é uma organização (pelo menos deve ser), e como corpo de Cristo um organismo que por sua natureza é mais organizado e eficiente que uma organização.
□ A Escola Bíblica Dominical é uma escola. A organização na EBD é extremamente necessária. Deverá estar presente em cadafase do trabalho: no planejamento, na execução do plano e na avaliação dos resultados.

A organização da EBD Precisa ser pensada com amor, zelo cristão, orientação do Espírito Santo e em grupo, e deve ser simples e funcional; de acordo com a realidade de cada Igreja.

Nenhuma igreja ou congregação é pequena demais a ponto de prescindir o planejamento para a EBD, pois ela devecrescer, e a organização é crescimento e base para outras formas de crescimento.


A EBD precisa ser mais que culto matutino e horário de arrecadação de dízimos e ofertas.


1.2 Planejamento


O planejamento além de necessário precisa ser reformulado sempre que aparecer resistência ou ameaça de caduquice ao formato anterior. Não deve ser encarado como burocracia, naspalavras de Luckesi: “não se pode encarar o planejamento como ação puramente formal. Ele deve ser uma ação viva e decisiva, pois é um ato político decisório. [...] Não necessariamente deverá ser registrado em documento escrito. Poderá tão somente ser assumido como decisão e permanecer na memória viva como guia da ação. Aliás, só como memória viva ele faz sentido. Papéis e formulários são simplesmente...
tracking img