Erisipela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1- O que é a infecção?
A erisipela é uma infecção caracterizada pela presença de lesão infiltrada, com bordas bem definidas e com importante envolvimento dos vasos linfáticos.
A erisipela é uma infecção da derme originada de uma solução de continuidade do revestimento cutâneo-mucoso, por onde os germes penetram. É também conhecida como "fogo de Santo Antônio".
2- Quais são os tipos existentes?
Aerisipela pode-se apresentar clinicamente diferenciada. Sendo assim há casos raros onde surgem bolhas volumosas e tensas contendo líquido não purulento (erisipela bolhosa); outras vezes há ulceração superficial (erisipela gangrenosa).
Alguns pacientes apresentam surtos repetidos em geral precedidos de calafrios. A recidiva de erisipela pode causar linfedema local persistente e obstrução doscanais linfáticos principais da pele e dos canais venosos, resultando em uma fibrose hipertrófica à qual foi dado o termo elefantíase nostra . 5;6
3- Quais os microorganismos envolvidos?
A erisipela é uma forma de celulite superficial causada por estreptococos beta-hemolíticos do grupo A de Lancefield, geralmente Streptococcus pyogenes. No entanto, nos últimos anos, diversos outros agentes bacterianosestão envolvidos com maior freqüência à erisipela, como os Streptococcus pneumoniae, estreptococos dos grupos B, C e G; o Staphylococcus aureus e mesmo bactérias gram (-).
Há cerca de 70 tipos diferentes de estreptococos. Quando um deles causa erisipela desenvolve-se imunidade específica ao tipo, porém, não contra os outros. Daí a possibilidade de o doente se reinfectar e apresentar vários surtosde erisipela. 1;6;7
4- O que predispõe à infecção?
O microorganismo penetra através da pele, algumas vezes pode ou não penetrar através de feridas cirúrgicas.
Freqüentemente a porta de entrada não é reconhecida. 2 s causas que predispõem `a infecção são feridas crônicas, ou fissuras nas narinas, no meato auricular, abaixo dos lóbulos da orelha, no orificio retal ou no órgão genital masculino, eentre ou abaixo dos pés, geralmente no último espaço interdigital.
Qualquer inflamação da pele, especialmente se fissurada ou ulcerativa, pode estabelecer a entrada para o estreptococo causador. Coçaduras ou abrasões leves, feridas acidentais do couro cabeludo, nó do cordão umbilical sujo, vacinação e ulceras crônicas do membro inferior podem causar esta doença.5
5- Como pode ser transmitida?
Aerisipela é pouco contagiosa, sendo muito rara entre os que cuidam de erisipelatosos. 6
6-Quais são os sinais e sintomas?
Caracteriza-se, clinicamente, pelo aparecimento abrupto de sintomas sistêmicos, tais como febre elevada, cefaléia, calafrios, mal-estar e desânimo.
A pele infeccionada apresenta aspecto vermelho brilhante, formando um alto relevo que a diferencia da pele normal ao redor. Esta lesãoé quente e dolorosa ao toque e é brilhante e inchada. Freqüentemente a pele apresenta-se espessa adquirindo consistência de "casca de laranja" que é devido ao envolvimento de vasos linfáticos superficiais; bolhas ou vesículas podem ser formadas dois ou três dias após o surgimento da infecção (1).
Rapidamente o processo se evolui e o paciente apresenta um estado geral comprometido com cefaléia,mal-estar, hipoestesia, náuseas e vômitos. Durante a apresentação desses sintomas a enfermidade pode não ter sido reconhecida ainda. A doença provoca desconforto ao paciente pois a pele se torna eritematosa e tensa.
No segundo dia a lesão se caracteriza melhor, apresentando-se eritematosa, edematosa, quente e dolorosa, apresentando coloração vermelha viva e brilhante com bordas nítidas e um poucoelevadas como foi mencionada anteriormente.
A infecção caminha para a periferia de maneira irregular apresentando-se sempre com borda nítida sem deixar para trás regiões de tecidos sadios. Com a extensão da lesão, entretanto, pode haver resolução do processo na área central. Desenvolvem-se sobre a lesão, grandes bolhas e vesículas pequenas nos casos mais graves (conhecido como erisipela bolhosa)....
tracking img