Ergonomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3171 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL HERMANN HERING
CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

LER/DORT

Blumenau (SC)
2011
CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL HERMANN HERING
CURSO DE TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

CARLA REGINA DA SILVA
MARCELENE KORB LAMIN
MARIANE KOERICH DE MARINS
PAMELA CAMILA JAGINSKI
TIAGO MARCIANO

LER/DORT

Orientador: Márcio Alberto Anesi

Blumenau
2011
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO 4
2.O QUE SÃO AS LER/DORT? 5
3. CAUSAS 5
4. SINTOMAS 7
5. ESTÁGIOS DA LER/DORT 7
6. FATORES DE RISCO 8
7. DOENÇAS ENQUADRÁVEIS 9
8. DIAGNÓSTICO 10
9. TRATAMENTO 11
10. PREVENÇÃO 11
11. DISCRIMINAÇÃO 13
12. CAT 13
13. NEXO CAUSAL 13
14. CONCLUSÃO 15
15. BIBLIOGRAFIA 16

1. INTRODUÇÃO

As LER/DORT são relatadas desde a antiguidade, onde foi percebido que trabalhadores realizavam tarefas repetitivas porlongos períodos, que gerava o adoecimento. Com o passar do tempo essa doença foi relacionada ao trabalho. São consideradas Doenças Ocupacionais e são dificilmente diagnosticadas através de exames.
Hoje em dia as Lesões por Esforço Repetitivo ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho são de grande ocorrência no Brasil e os trabalhadores se deparam com inúmeras dificuldadesrelacionadas a doença.
Diante deste problema, iremos abordar mais esmiuçadamente o que realmente são, com são diagnosticadas, como prevenir, se há tratamento e como evitá-las.

2. O QUE SÃO AS LER/DORT?

São um conjunto de síndromes (quadros clínicos, patologias, doenças) que atacam os nervos, músculos e tendões, juntos ou separadamente. Como são resultado da combinação da sobrecarga das estruturasanatômicas do sistema osteomuscular com a falta de tempo para sua recuperação, têm seu surgimento relacionado a condições de trabalho inadequadas. Tanto a utilização excessiva de determinados grupos musculares em movimentos repetitivos (digitação, por exemplo), como a permanência de determinados segmentos do corpo em uma mesma posição por período de tempo prolongado, podem ocasionar a sobrecarga quepermite o aparecimento das LER/DORT.
Fatores emocionais, tais como a tensão imposta pela organização do trabalho e a necessidade de concentração, também interferem de forma significativa no aparecimento da síndrome. Caracterizam-se pela ocorrência de vários sintomas, concomitantes ou não, tais como: dor, parestesia, sensação de peso, fadiga, manifestando-se, principalmente, no pescoço, cinturaescapular e membros superiores. Estas doenças atingem trabalhadores de várias profissões, geralmente no auge e sua vida profissional (entre os 30 e 40 anos), principalmente mulheres.
No inicio a doença surge como uma dor suportável que cessa como o uso de analgésicos ou repouso. Porem, o trabalhador continuando a desenvolver suas atividades profissionais passa a ter dores cada vez mais intensas afreqüentes, a tal ponto que as atividades tanto da vida profissional quanto pessoal causam sofrimento intenso e impossíveis de serem realizadas.
A sigla DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) também é a tradução de um termo internacional e tem sido adotada pelo INSS desde 1998. Em linhas gerais, do ponto de vista técnico, tem o mesmo significado de LER. Porém, a revisão da normatécnica do INSS de 1998, ao mesmo tempo em que alterou a terminologia, trouxe restrições de direitos previdenciários. Assim, os termos LER e DORT têm sido utilizados como sinônimos. São consideradas doenças do trabalho e equiparadas ao acidente do trabalho para todos os efeitos e garantias de direito do trabalhador segurado da previdência social.

3. CAUSAS

As principais causas da LER/DORT estãorelacionadas à forma como o trabalho é organizado, sendo as principais:

* Trabalho automatizado, onde o trabalhador não tem controle sobre suas atividades;
* Obrigatoriedade de manter o ritmo de trabalho acelerado para garantir a produção;
* Trabalho fragmentado em que cada um exerce uma única tarefa de forma repetitiva;
* Trabalho sob pressão permanente das chefias;
*...
tracking img